Uma janela sobre o mundo bíblico

Meu filho viu uma pregação do pastor Abílio Santana, onde ele diz que o povo de Israel ficou escravo por 80 anos e não 430 anos. É verdade isso, você pode me explicar este acontecimento, por favor



  • Pergunta de Florisvaldo, São Bernardo do Campo / SP
  • 12302
  • 19/12/2013
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Êxodo |


Olá Florisvaldo, São Bernardo do Campo / SP!

 Está correta a observação, os autores colocam como 430 anos a permanência do Povo de Israel no Egito, exercendo o trabalho escravo.

O que disse o Pastor, que foi 80 anos, talvez foi um lapso de memória, os números se trocam facilmente. Agora se erros como este continuam ser frequentes na pregação da palavra de Deus, a comunidade deveria se preocupar e falar com ele.

Consultei o Novo Dicionário da Biblia, da editora Vida Nova, ali o texto diz:

Depois que os hebreus residiam no leste do Delta egípcio, durante 430 anos (Ex 12,40-41) que culminou na escravidão de trabalho forçado aos egípcios nas Dinastias XVIIª. e XIX ª., Deus comissionou Moisés, tendo Arão como seu porta voz, para tirar os escravos hebreus, descendentes tribais de Abraão, Isaque e Jacó, livrando-os do Egito para se tornarem uma nação na Palestina, a terra prometida (Ex 3 e 4).  Novo Dicionário da Bíblia, da editora Vida Nova, São Paulo 1986, pág. 574.

Fonte:

Douglas, J. D., O Novo Dicionário da Bíblia, vol. I e II, edições vida nova, São Paulo.

12302 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook