Uma janela sobre o mundo bíblico

Como foram formados os capítulos e versículos na Bíblia?



  • Pergunta de Regiane, Porto Velho / Rondônia
  • 3040
  • 18/01/2014
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Bíblia |


Olá  Regiane de Porto Velho / RO!

Importante pergunta. Dos capítulos e versículos existentes na bíblia, depende a facilidade encontrar os textos bíblicos. Sem eles como poderíamos chegar até alguma passagem bíblica?

Assim na origem do texto bíblico hebraico usado nas sinagogas existiam preocupações em fazer uma divisão do Antigo Testamento em passagens menores e maiores.

A divisão em capítulos
Entretanto passou muitos anos até que na atual Bíblia latina aparecessem os capítulos. Foi no século XIII, na Inglaterra com a vontade do cardeal Estevão Langton, renomado professor em Paris e depois assumindo o arcebispado de Cantuária (+ 1228), que o Frances Hugo de St. Cher (+1263) subdividiu os capítulos bíblicos em sete parágrafos nomeados pelas letras do alfabeto a-g.

A divisão em Versículos
Foi trabalho realizado por Robert Estienne, um tipógrafo parisiense, que na impressão da Bíblia Vulgata utilizou pela primeira vez.

A partir deste momento todas as edições da Bíblia sejam originais ou versões passaram utilizar este sistema.

Busca-se cada vez mais uma uniformidade nas citações, ainda que sempre alguma dificuldade apareça. Por exemplo, a numeração dos Salmos ou mesmo uniformidade em colocar as citações bíblicas, entre os usuários católicos ou protestantes.

Falhas que este sistema apresenta
Esse sistema, apesar de ser de grande ajuda no estudo do texto bíblico, também se ressente de falhas. Algumas vezes a divisão atrapalha o fluxo das ideias, cortando-as bem pelo meio. Disso é culpada tanto a divisão em capítulos como a divisão em versículos. Muitos versículos são muito breves, e outros muito extensos. Como esta divisão foi sendo criada pela necessidade, sabemos que não foi utilizado nenhum critério de e nem se tinha guia ao sistema. Porém, consagrado pelo uso, é muito difícil que o sistema seja modificado, pelo menos em nossos dias.

_________________________
Fonte: SCHARBERT, JOSEF, Introdução a sagrada escritura, Editora Vozes, Petropólis, 1980.

3040 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook