Uma janela sobre o mundo bíblico

Desejo saber que rumo tomou o cristianismo no mundo daquela época, depois da vinda do Espírito Santo, dez dias após a ascenssão de Jesus Cristo.



  • Pergunta de Waldenei M. Ribeiro, Belém - Pará
  • 2586
  • 17/02/2014
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Cristianismo |


A história do cristianismo é muito complexa e é difícil de sintetizar em poucas palavras o que aconteceu. De qualquer forma, o ponto de partida é a leitura do livro dos Atos dos Apóstolos, que começa com a narração da subida de Jesus aos céus e a descida do espírito santo (capítulo 2), há 40 dias depois da páscoa. Até este momento os apóstolos, com medo da perseguição das autoridades religiosas daquele tempo, não ousaram muito. Mas, com a força do Espírito Santo, começaram a pregar o evangelho, primeiro de tudo em Jerusalém, entre os judeus. Com a entrada em cena de Paulo, depois da sua conversão (capítulo 9), a mensagem de Cristo é levada para fora de Israel, principalmente para as regiões onde hoje estão a Turquia e a Grécia. Lá foram criadas as primeiras comunidades feitas de pessoas que não eram judeus, que tinham outras religiões. Essas pessoas eram chamadas de gentios. Por isso Paulo é chamado "apóstolo dos gentios".

Os apóstolos e os primeiros discípulos de Cristo espalharam o evangelho pelo mundo daquela época. Paulo e Pedro chegaram à Roma, onde foram assassinados. Roma era o centro do mundo ocidental da época e o fato do Evangelho ter chegado ali foi emblemático: a mensagem cristã tinha atingido o centro do mundo, já em epóca apostólica.

Os primeiros séculos do cristianismo foi feito de perseguição. Os cristãos praticavam a própria religião ameaçados, perseguidos. Nero, por exemplo, destruiu Roma com um incêndio e acusou os cristãos. Em Roma, os cristãos para poder dar uma sepultura digna a seus irmãos tiveram que cavar tuneis embaixo da terra, conhecidos como catacumbas. Ali nasceram muitas tradições liturgicas e foram fortalecidos aspectos teológicos da tradição cristã.

Há 300 anos da morte de Cristo, o Imperador de Roma, Constantino aderiu ao cristianismo e a vida cristã teve mais facilidade de se exprimir, principalmente no ocidente.

Cerca de mil anos depois de Cristo houve a primeira grande divisão do cristianismo, entre a igreja ocidental e oriental. 500 anos depois, com Lutero, outra grande divisão, com a Reforma.

Hoje o cristianismo é composto de diferentes realidades, cada uma tentando imitar o exemplo de Cristo e praticar no mundo a sua mensagem.

2586 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook