Uma janela sobre o mundo bíblico

Quando o arcanjo Miguel é citado nas escrituras?



  • Pergunta de Tiago leandro da silva , Campo Mourão
  • 7237
  • 10/06/2014
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Anjos |


Guido Reni - Miguel derrota SatanásNo Antigo Testamento, em Daniel 12,1, Miguel é citado como "o grande príncipe, que se conserva junto dos filhos de Israel". No Novo Testamento é chamado de arcanjo na carta de Judas 9 (disputa o corpo de Moisés com o diabo) e em Apocalipse 12,7-8 é o anjo que lidera os demais anjos na batalha contra o dragão, derrotando-o.

É um personagem muito presente nos escritos apócrifos e na literatura rabínica. Por exemplo, no Apocalipse de Baruc se diz que é ele quem detem as chaves do paraíso; na Vida de Adão e Eva é dito que foi ele quem ensinou a Adão a cultivar a terra; na Ascensão de Isaías, conta-se que ele removeu a pedra do sepulcro de Cristo, no dia da ressurreição; no Apocalipse da Mãe de Deus é ele que acompanha a virgem numa viagem através do inferno para mostrar a pena dos condenados.

A exegese hebraica retem que Miguel seja um serafim, que acompanha o povo e representa o Sumo Sacerdote.

Aparece também na religião muçulmuna, onde, junto com Gabriel, teria instruído Maomé.

Muito presente na tradição católica, faz parte também da teologia adventista e das Testemunhas de Jeová.

 

Etimologia

O nome Miguel deriva da expressão "Mi-ka-el"(em hebraico מיכאל), que significa "Quem é como Deus".

7237 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook