Uma janela sobre o mundo bíblico

Por que Daniel não foi jogado na fornalha?



  • Pergunta de Alexandro, Itaquá / SP
  • 23470
  • 12/07/2014
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Daniel |


Olá Alexandro de Itaquá / SP!

Os escritos sagrados nem sempre satisfaz as expectativas dos leitores, visto que, eles foram escritos para satisfazer as necessidades de outras épocas e tempos. Os autores dos livros sagrados muitas vezes não estavam preocupados em detalhes para o texto escrito, mas escreviam somente o que era realmente importante.

Desta forma muitos fatos acontecidos ficaram sem respostas, entrando para o campo das especulativas, como acontece com esta pergunta. Assim uma resposta para o por que da pergunta não existe, o que se disser não passa de mera especulação.

Foi por volta do 8º ano do reinado de Nabucodonosor que este monarca edificou uma estátua para si, provavelmente era a imagem do próprio monarca. Foi erigida na Província de Dura. A imagem tinha cerca de 30 m. de altura, equivalente a oito andares de um edifício e apenas 3 m. de largura toda feita de ouro. Foi erigida para mostrar a supremacia do maior governante da Babilônia.

Vamos ao que importa.

A convocação do rei submetia a todos e, isso ficou provado no edito lavrado para convocar detalhadamente todos os magistrados do império (ver Dn 3,2). Esses oficiais foram classificados assim: Sátrapas, Prefeitos, Governadores, Conselheiros, Tesoureiros, Juízes, Magistrados, todos os Oficiais.

Que cargo ocupava Daniel no governo, na época da convocação?

Daniel estava apenas abaixo do poder do Rei. (conf. Dn 2,48).

“E o rei exaltou em dignidade a Daniel, e o distinguiu com muitos e magníficos presentes, e constituindo-o também governador de toda a província da Babilônia, além de chefe supremo de todos os sábios da Babilônia.” (Daniel 2,48) Bíblia de Jerusalém.

Observações do texto bíblico:

Porque Daniel não estava presente na ocasião. Se Daniel estivesse presente ele não se prostraria diante da estatua de Nabucodonosor, isso dispensa comentários. Isto reforça sua ausência. Razões de pensarmos na ausência de Daniel

• A convocação era para os oficiais das províncias da Babilônia.

• Sadrac, Misac e Abedênago eram oficias a pedido de Daniel (ver Dn 2,49).

• Daniel ficou na Babilônia, pois era o governador geral e representante legal do rei.

• Daniel era o governador de toda província da Babilônia (a capital do império).

• Era estimado pelo Rei. • O rei respeitava a Daniel e ao seu Deus (ver Dn 2,46-47).

Para evitar confusões Daniel optou pela ausência e penso que foi a melhor solução.

Concluindo:

A resposta certa é a seguinte:

A Bíblia omite a informação do lugar que estaria Daniel na ocasião.

23470 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook