Uma janela sobre o mundo bíblico

Conheço Pastores e pessoas evangélicas, que quando precisam de uma resposta ou direção de Deus, fecham os olhos, abrem a Bíblia e colocam o dedo num versículo e acham que o que está escrito ali é a resposta e direção que buscavam. Gostaria que um Pastor me respondesse se isso é correto?



  • Pergunta de Gerison Marcel Rodrigues, Londrina / PR
  • 2876
  • 25/07/2014
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Bíblia |


Olá Gerison Marcel Rodrigues Londrina / PR!

Interessante pergunta, pois retrata uma prática que muitos leitores da Bíblia fazem. Ou ensinam para que outros façam. Vou responde a pergunta, sendo um professor de Novo Testamento, nos Institutos de Teologia de Passo Fundo e Florianópolis / SC e ministrante de muitos cursos de introdução aos livros Sagrados. Nas aulas de Introdução a Bíblia, para grupos que querem entender melhor a palavra de Deus, sempre tem uma parte que trata dos métodos de leitura da Bíblia.

Na apresentação dos métodos de leitura da Bíblia, sempre se comenta esta pratica que muitas pessoas fazem, de abrir a Bíblia, sem a preocupação de livro, capítulo, versículo ou página e se indica com o dedo indicador e olhos fechados um versículo. As pessoas que usam desta pratica acreditam que ali esteja a resposta divina para a dificuldade e problema.

Embora não se possa reprovar tudo, pois se trata de ler e buscar soluções na palavra de Deus encontramos nesta prática muitos limites que reprovam esta prática.

Elenco alguns limite desta prática.

- A resposta encontrada em um único versículo, muitas vezes, está longe de responder uma dificuldade que enfrentamos.

- Devemos ter como norma não a leitura de um versículo isolado do texto bíblico, mas ler sempre no conjunto em que ele esta inserido.

- Não podemos considerar que a Bíblia seja uma varinha mágica que resolva todos os problemas aleatoriamente.

- Deus sabe do que nos precisamos muito antes de nós.

- Parece que valorizamos mais a busca humana da solução do que os cuidados divinos por nós.

- A leitura fica restrita a uma frase, podendo cair sua interpretação em um método fundamentalista, alheio ao contexto. O que vale seria o que está escrito e não o conjunto da mensagem que está inserido.

São estas algumas considerações, que para inicio de teu estudo sobre a questão poderão te ajudar.

Consulta:

KONINGS, JOHAN, A Bíblia, sua história e leitura uma introdução, coleção religião e saber 2, Vozes, Petrópolis, 1992.

2876 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook