Uma janela sobre o mundo bíblico

Pesquisei muito e me entristeci ao ler alguns artigos falando sobre a impossibilidade de Pastores realizarem Cerimônia onde já tenha acontecido o sexo entre o casal. O que eu faço?



  • Pergunta de Anônima, Salvador / BA
  • 2522
  • 22/09/2014
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Casamento |


 Pesquisei muito e me entristeci ao ler alguns artigos falando sobre a impossibilidade de Pastores realizarem Cerimônia onde já tenha acontecido o sexo entre o casal. O que eu faço?

Olá pessoa anônima, Salvador!

A pergunta assim foi desenvolvida:

"Olá. Tô com uma duvida cruel me corroendo e gostaria de ajuda, contudo terei que fazer um breve resumo da minha vida para que possa compreender o contexto: Sou uma jovem de 27 anos. Frequento a IASD desde os 8 anos e sempre admirei muito a doutrina, os louvores e a forma como os Adventistas adoram a Deus, cuidam da saúde, alimentação e etc. Embora seja simpatizante da doutrina desde criança, mesmo assim essa afinidade por esses princípios nunca foi tão forte ao ponto de sentir um desejo profundo de descer as águas batismais, mas sempre tive dentro de mim a convicção de que um dia faria parte dessa família. Nunca tinha tido namorado e já adulta aos 21 anos, comecei a namorar um rapaz não cristão. Namoramos por longos 5 anos e todo esse tempo eu sempre frequentei a Igreja. Infelizmente como é de se esperar num relacionamento de jugo desigual, tivemos relações sexuais e para piorar a situação, pouco tempo depois disso o namoro terminou ficando o assunto apenas entre nós dois. Há dois anos namoro um rapaz de mesma idade que assim como eu foi criado com princípios bíblicos, embora tenha sido de outra religião protestante. Ele é divorciado. Como ambos já tinham tido relações era de se esperar que também nos envolvêssemos sexualmente. Contudo, há aproximadamente um ano, estamos frequentando a IASD e cada dia com maior desejo de nos tornar membro dessa família. Depois que começamos a frequentar assiduamente os cultos temos sentido a vontade de nos consertar diante de Deus. Já oramos, pedimos perdão pelo pecado da fornicação e já nos comprometemos a não praticá-la mais até o casamento. Apenas nós dois sabemos sobre tal pecado. Temos o desejo profundo de nos casar na Igreja, mas aí que surge as dúvidas: Nesse caso seria permitido realizarmos a Cerimonia numa IASD? Caso afirmativo, durante o curso de noivos (ou em qualquer outro momento) seremos interrogados por alguém se já tivemos relações? Devemos contar a verdade ou esquecer o tempo da ignorância? É possível que o pastor se abstenha de realizar a Cerimônia mesmo sabendo do contexto citado acima? Se daqui até a Cerimonia nós nos batizarmos e permanecermos firme no propósito, o que vale é o período após o batismo? Pesquisei muito e me entristeci ao ler alguns artigos falando sobre a impossibilidade de Pastores Adventistas realizarem Cerimônia onde já tenha acontecido o sexo entre o casal. Precisamos esclarecer essas dúvidas mas não temos coragem de buscar orientação de algum Pastor pessoalmente. Será que poderia nos ajudar? Aguardo ansiosamente o retorno.".

Pergunta de Annima, Salvador

 

Resposta:

A pergunta que fazes esta mais para orientações de Teologia Moral e Moral Matrimonial do que propriamente uma pergunta bíblica. Em todo o caso entram fundamentos bíblicos também.

Quero responder em poucas palavras. Para facilitar o entendimento. Não é a melhor decisão para um Pastor querer impedir, o casamento de um membro de sua Igreja pelos motivos que alega. Se isto fosse cumprido ao pé da letra, poucos iriam ter esta graça do matrimônio. O importante é saber que Deus não quer a condenação da pessoa, Deus nos ama e está sempre pronto a nos acolher, acolher nosso arrependimento e mudança de vida. Lembro o fato bíblico da mulher adultera, Jesus não condenou, disse aos fariseus, se eles não tivessem pecado atirassem a primeira pedra, e todos foram embora um a um e a mulher que terminou sozinha com Jesus. Ele disse: Teus pecados estão perdoados, não voltes a pecar.

Penso que não é difícil entender o que Deus quer de nós. Quer que o amemos, sigamos seus ensinamentos, são eles o melhor caminho a seguir, mas se houverem dificuldades, e caídas Deus está sempre pronto para nos segurar pela mão e nos erguer.

Vai em frente, realize teu batizado e depois o matrimonio, ame a Deus seus ensinamentos, ame teu noivo e serás feliz. Que Deus te abençoe!

2522 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook