Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual versículo de Atos dos Apóstolos que encontro o nome da mãe de Paulo de Tarso!



  • Pergunta de Sonia Maria Theodoro, Atibaia / SP
  • 15412
  • 23/10/2014
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Paulo de Tarso |


Olá Sonia Maria Theodoro de Atibais / SP!

Pela forma que a pergunta é feita, a primeira vista, é que o nome da mãe de Paulo aparece nomeado no texto dos Atos dos Apóstolos. Até poderia ser assim, pois somos acostumados quando falamos da nossa filiação de nomear o nome da mãe, pois dá maiores garantias.

Mas temos que levar em conta que na época de Paulo, o sistema que regia a sociedade era da família patriarcal. E sabemos que neste tipo de organização aparece muito mais o nome do Pai, e o nome da mãe é omitido. Buscando uma resposta para sua pergunta.

Aparece alguma coisa escrita do nome da mãe de Paulo e dos seus familiares nos Atos dos Apóstolos?

Quando queremos falar dos familiares e parentes de Paulo, não encontramos nada por escrito, não se diz nada a respeito.

Paulo quando se auto-apresenta, ou se defende frente aos judaizantes ele insiste, em falar que é um “hebreu, filho de Hebreus” (2Cor 11,22).

Seguramente seus pais são prósperos comerciantes judeus que foram levados para a região de Tarso, pelos romanos.

Por serem negociantes tinham recursos, que deram a Paulo a possibilidade de não ter trabalhado na sua infância. Paulo foi encaminhado para o estudo, para que isto acontecesse nesta época, possibilidade de estudar, dependia de grande soma de dinheiro, pois as despesas eram muitas.

Lucas fala da família de Paulo em seus escritos?

Encontramos, contudo, uma alusão a uma possível família de Paulo no segundo livro escrito por Lucas (At 23, 16). Lucas fala-se de uma possível irmã de Paulo e um sobrinho. Ele, o sobrinho, avisa de uma conspiração contra o tio.

Na Carta aos  Romanos fala-se de possível Mãe de Paulo?

O texto de romanos 16,13 assim se expressa:

 

“Saudai a Rufo, este eleito do Senhor,e sua mãe, que também é minha” (Romanos 16,13) Bíblia de Jerusalém.

Ao pé da letra é uma referência a uma mãe de Paulo (Rm 16, 13). Mas esta citação está longe de tratar-se de uma mãe biológica, o texto faz alusão ao respeito e a estima que Paulo tem pela mãe de Rufo. Para Paulo ela não seria sua Mãe carnal.

Lembramos ainda com respeito a Paulo que, seguindo o que diz Lucas, Paulo é cidadão Romano (At 16,35-39; 25, 12.16.21.25)

Em resumo podemos concluir: Paulo é um judeu da diáspora, um cidadão Romano, radicado na rica cidade de Tarso, importante centro comercial. Recebe formação judaica por primeira arraigada na “tradição dos Pais” e as correntes filosóficas do mundo grego-romano em que vivia. Sua família era de posses, comerciantes ricos e que ele nunca menciona em sua auto biografia. Assim o nome de sua mãe permanece anônimo. Talvez, tivesse uma irmã e sobrinhos, conforme a carta aos Romanos cita. Sua infância, portanto, deve ter transcorrido tranquilamente em Tarso.

Consulta:

ZEDDA, SILVÉRIO, Prima lettura di San Paulo (Introduzione, Analisi – Parafrasi, Note),  in Lettere della Prigionia, pág. 413-534 e in Lettere Pastorali, pág. 535-611, Tecnograph – Torino,  4 edizione, 1964.

15412 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook