Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual a distância que Jesus, percorreu com a cruz até ser crucificado?



  • Pergunta de Silson Reis Dos Santos, São Pedro da Aldeia / RJ
  • 7807
  • 04/11/2014
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Via Sacra |


Olá Silson Reis Dos Santos de São Pedro da Aldeia / RJ

Em poucas palavras poderíamos dizer entre 500 metros e 600 metros (segundo os arqueólogos franciscanos). Não entreando na discussão de qual o trajeto que Simão Cirineu carrregou a cruz. Respondo supondo que o trajeto foi feito por Jesus carregando a Cruz.

 

Imagem: Trajeto que Jesus carregou a cruz nas costas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Imagem: Atual trajeto da Via dolorosa na velha Jerusalém


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Imagem: Celebração da via sacra pela via dolorosa na sexta feira às 15 horas. Participam grupos de peregrinos e católicos de Jerusalém cidade velha.


 

Nota: Nesta reposta incluo minha experiência de 6 anos de estudos bíblicos morando na via Dolorosa em Jerusalém, na Escola Bíblica dos Franciscanos, localizada no lugar do início da Via dolorosa. Deste local parte todos os dias dezenas de grupos de peregrinos fazendo a via Sacra, (o trajeto que Jesus carregou a cruz nas costas) como a janela do quarto dava para o pátio interno onde saíam os grupos para a via sacra, foi uma realidade que vivi diariamente. Sem falar que todas as vezes que saímos da Escola para a cidade nova de Jerusalém percorríamos parte do trajeto da Via dolorosa, depois seguindo para a porta de Damasco na velha Jerusalém.

Mais ainda todas às sexta-feira às 15 hs era celebrada a Via Sacra percorrendo a via dolorosa o trajeto percorrido por Jesus com a cruz. Neste dia sexta feira o comércio árabe esta fechado, por ser dia de descanso e oração na Mesquita de Omar (200 metros distantes) e os grupos com tranqüilidade podiam percorrer pelas ruas a via sacra.

Buscando a verdade sobre o trajeto que percorreu Jesus com a cruz.

Na atualidade se torna praticamente impossível estabelecer um trajeto preciso, por onde passou Jesus com a cruz até o monte Calvário. O traçado atual não se assemelha as ruas da época da ocupação Romana de Jerusalém com o nome de Aelia Capitolina. A cidade atual de Jerusalém esta acima do antigo traçado da cidade e sem uma escavação arqueológica detalhada não conseguiremos chegar a Jerusalém do tempo de Jesus. (primeira metade do século I d.C.).

Na parte baixa do trajeto, encontra-se pedras das ruas calçada da época Romana, se pode visualizar e caminhar sobre elas.

E tem mais se mesmo este trabalho fosse realizado ainda teríamos muitas dúvidas e questões. Citamos algumas:

- De onde saiu Jesus com a Cruz a caminho do Calvário? (Não existe um consenso comum entre os estudiosos).

- Qual o lugar que vamos colocar o Pretório, que segundo a narrativa do evangelho se realizou o Julgamento de Jesus diante do procurador romano Pôncio Pilatos. Qual o  lugar onde Pilatos lavou as mãos? (muitos estudiosos têm dúvidas)

- A tradição protestante localiza o lugar da crucificação e ressurreição de Jesus, no local chamado Tumba do Jardim (parte árabe de Jerusalém), que segundo estudiosos ingleses é o autêntico sepulcro de Jesus. Se aceitarmos esta idéia, a distância modifica.

A dúvida se foi Simão de Cirene ou Jesus que carregou a cruz

A grande discussão está na questão que os evangelhos de Mateus, Lucas e Marcos, citam que Simão de Cirene carregou a cruz. O evangelho de João nos fala que Jesus tomou a cruz e seguiu até o Calvário, omitindo Simão Cirineu.

Para esta dúvida muito já se escreveu, no entanto não vamos resolver o problema que muitos já tentaram. O que nos parece mais razoável e ler os três evangelhos com um olhar sinótico e comparativo. E o de João como um evangelho dirigido para uma comunidade que não conhecia nem a Palestina e nem Jerusalém, merecendo outra explicação. Como não podemos querer simplesmente afirmar, existem erros e portanto não é divino. Devemos considerar que nos evangelhos temos a palavra de Jesus, sendo escrita alguns anos depois, por autores diferentes e locais diferentes do Império Romano e palavras de Jesus já vivenciadas pelas comunidades tornando-se textos para garantir a fidelidade a palavra de Jesus. Para muitos existe colaboração do autor, da comunidade e do local no formato final do Evangelho. Isto não diminui em nada a autenticidade da mensagem de Jesus.

Os quatro relatos:

Simão de Cirene segundo os Evangelhos sinóticos foi obrigado pelos soldados romanos a carregar a cruz de Jesus Cristo até ao Gólgota, o local onde Jesus foi crucificado e sepultado as pressas, pois era véspera do sábado judaico. Simão de Cirene era pai de Alexandre e Rufo, e levou a cruz a pedido dos soldados romanos até o lugar chamado "Gólgota" ou "Caveira", que hoje é denominado de Monte "Calvário".

De acordo com os evangelistas Marcos e Lucas afirmam que Simão "passava, vindo do campo" (Mc 15, 21; Lc 23, 26), se entende que Simão estava chegando para a celebração da Páscoa Judaica ou talvez ele viesse da área rural de Jerusalém.

O Evangelho de João não refere o episódio de Simão, dando pelo contrário ênfase à idéia de que Jesus carregou sozinho a cruz até ao Gólgota

Penso que querer interpretar o fato, que Jesus não carregou a cruz entendido na leitura dos evangelhos sinóticos ou se carregou a cruz conforme o evangelho de João 19,17, não é o objetivo principal no estudo dos evangelhos. Nesta questão ficaremos sem uma resposta objetiva.

A leitura do conjunto do texto nos indicará a verdade e aquilo que devemos acreditar. Jesus filho de Deus salvou a humanidade e a cada um de nós através da cruz e ressurreição. Somos desafiados a correspondermos à filiação divina que Jesus alcançou para nós. Somos filhos de Deus e a força de seu Espírito atua em nossas vidas. Somos convidados por Jesus a tomar a cruz de cada dia e carregá-la!

Uma interpretação segunda a tradição católica:

Os franciscanos que marcam presença em Jerusalém desde 1300, estabeleceram um roteiro deste caminho de Jesus que tem uma distância de 500 a 600 metros. Este caminho hoje segue o traçado das ruas da cidade antiga de Jerusalém, portanto está vários metros acima da Jerusalém do tempo de Jesus. A caminhada de Jesus tem início na saída do Pretório que localizado ao lado da Mesquita de Omar, no Pátio da Escola para a Comunidade Árabe da cidade velha de Jerusalém. Segue o caminho descendo pela chamada via dolorosa até encontrar a rua que dá para a porta de Damasco. (Neste ponto se pode visualizar, as pedras romanas do calçamento da via que por ai passava).  A partir deste ponto se sobe por ruas estreitas, até o Calvário.

Penso que assim pelo menos terás uma resposta quanto à distância, sem nos atermos em dúvidas e dificuldades insolúveis, que nos desviarão do que é verdadeiro. Conhecer a Jesus e sua palavra.

Nota: Se admitires como verdadeira a tradição protestante do lugar da crucificação de Jesus localizar-se no Jardim do Horto, a distância aumentará em mais 500 metros até o local. (Este se localiza no setor árabe da cidade de Jerusalém)

Poderás consultar também  a resposta a está pergunta semelhante:

“Qual a distância que Jesus percorreu com a cruz nas costas?”

Pergunta de Lica, ND e resposta de Odalberto Domingos Casonatto, em 20/02/2012

No portal abiblia: http://www.abiblia.org/ver.php?id=3287#.VFi9DMJdVog

7807 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook