Uma janela sobre o mundo bíblico

Por que no Velho Testamento Deus mata a cidade, drestroi as coisas, pessoas etc., e no Novo Testamento ele é da paz e do amor? Por que ele mudou assim,de repente? Vendo desse jeito, não parecem ser o mesmo Deus!



  • Pergunta de Giulia, São Paulo
  • 3689
  • 11/11/2014
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Antigo Testamento | Marcião |


Muitas pessoas, no curso dos séculos, têm se interrogado sobre esse tema. Essa questão inclusive foi causa de heresias e teologias equivocadas. O marcionismo, que tem como protagonista Marcião, dizia, já no segundo século da era cristã, que o Deus da Torah, do Antigo Testamento era um deus diferente daquele que no Novo Testamento enviou o seu filho para nos redimir e sublinhava que só o segundo é o verdadeiro deus que se deve adorar. Como já disse, com o tempo a Tradição conseguiu consertar essa distorção e para nós o Deus do Antigo Testamento e do Novo é o mesmo.

Como ententer o Antigo Testamento?

O princípio básico é o conceito de revelação. Deus se revela aos seus seguidores, à humanidade, aos poucos. Não manda do céu um "pacote" de leis prontas, de ensinamentos para serem respeitados uma vez por toda; não se revela através da imposição. O método que Ele usa é pedagógico: caminha lado a lado com os seus e os trata conforme a capacidade que têm de entender e de descobrir a mensagem. Deus se revela na história e tem paciência.

Limitando um pouco o conceito, é fácil explicar utilizando o exemplo do ensinamento que os pais dão a uma criança. Não podemos pretender que uma criança nasça sabendo tudo e os pais, já no segundo ano de vida, não podem começar a falar de questões políticas com a criança. Ela precisa primeiro caminhar, crescer e então será capaz de afrontar determinados temas. Quando é criança, entenderá a política de forma limitada, terá uma concepção parcial da política. Só quando for grande compreenderá em plenitude as suas manhas e poderá ver e julgar claramente.

Deus acompanhou o povo hebreu como os pais crescem uma criança: foi ensinando aos poucos a sua verdade, até chegar na revelação plena em Cristo. Isto significa que, voltanto ao exemplo da compreensão da política pela criança, o povo de Israel quando escreve que YHWH é o senhor que conduz o povo em batalha está tendo uma compreensão parcial daquilo que é a verdade, daquilo que é o ensinamento de Deus.

Serve ainda o Antigo Testamento?

Todo grande matemático começou a sua carreira descobrindo que 1+1 é igual a 2. A sua grandeza não pode prescindir dessa etapa do caminho. É uma coisa evidentemente demasiada elementar para alguém que sabe fazer equações complicadas, mas é imprescindível; é como tirar a base, sem a qual o edifício cai. Do mesmo modo podemos ler as histórias, os ensinamentos divinos do Antigo Testamento. O Antigo Testamento nos pega pela mão e nos conduz a compreender a revelação de Deus, que é plena em Cristo. Alguém que só lê os ensinamentos de Cristo terá uma visão limitada da história da salvação e limitada será a sua participação da compreensão da verdade revelada. O cristão não pode conceber Deus sem o Antigo Testamento e, por outro lado, para nós, o Segundo Testamento é a consequência natural de quanto revelado no Primeiro Testamento.

3689 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook