Uma janela sobre o mundo bíblico

Quem eram os fariseus (origem, atitudes, crenças, posição)?



  • Pergunta de Edmário , São Paulo - SP
  • 14084
  • 15/11/2014
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Fariseu |


Olá Edmario de São Paulo / SP!

Para responder seguiremos a ordem da pergunta: origem, posição, atitudes, crenças e doutrina..

1 - Quanto à origem dos Fariseus:

Os Fariseus entram para a história do judaísmo na época de Alexandre Janeu (103-76 A.C). Foi uma época em que o sumo sacerdote acumulava a função de Rei. Alexandre começou a censurar a influência dos fariseus sobre o povo. Foi motivo do começo de uma longa guerra civil durante 6 anos e que no final os fariseus saíram vencedores deixando um rastro de muitos mortos que foram crucificados pelo Rei Alexandre Janeu. Depois deste incidente os fariseus exerceram forte influência sobre o rei Alexandre. Mas podemos dizer que as origens dos fariseus remonta o tempo de Esdras, sacerdote. Os fariseus neste tempo se identificavam com os hassidim e o próprio Esdras. Nesta época de reconstrução do Templo de Jerusalém e da cidade os hassidim acreditavam que além do Templo era necessário reconstruir uma vida espiritual, capaz de animar as pedras que eram erguidas do Templo. Buscam o estudo da Lei, fazendo a vontade de Deus e se esmeravam na oração. 2

2 – Quanto à posição política dos fariseus na época de Jesus

Os fariseus era um dos grupos que povoavam a estrutura política e religiosa da Palestina na época de Jesus. Vejamos os partidos e movimentos.

Os partidos e movimentos que controlavam o poder na época de Jesus:

1.- Os Saduceus

2.- Os Herodianos

3.- Os Fariseus

4.- Os Zelotes

5.- Os essênios

Quem eram os Fariseus:

A origem deste movimento tem como ponto de partida a classe trabalhadora. O surgimento deles provem dos “piedosos” que pertenciam a luta armada de Judas Macabeu. Eles provinham na época de Jesus das camadas sociais dos artesãos, pequenos comerciantes e gente pertencente à classe média.

3- Quanto às atitudes políticas dos fariseus.

Conseguiram manipular o povo e exerce autoridade sobre ele. Aparentemente se apresentavam como partido das massas populares e contra a aristocracia. O povo sem alternativa os respeitavam, pois possuíam peso político sem exercerem o poder. Tinham características de serem nacionalistas e de odiarem os estrangeiros. Na época de Jesus eram moderados e aceitavam a política da convivência imposta pelos conquistadores romanos. Na Judeia eles faziam a política dos sacerdotes de Jerusalém e das classes ricas de Jerusalém. 

4 – Quanto à crença vivida pelos fariseus. 

Alimentavam o ideal de expulsão dos estrangeiros, que queriam acabar com a religião e com a cultura judaica. - Organizaram as Sinagogas depois da destruição do Templo (70 d.C.) e passaram ter grande poder. - Por causa da conduta moral eram respeitados pelo povo. - Conheciam e estudavam a lei, os mandamentos de Moisés.

5 - Quanto à doutrina:

Acreditavam na ressurreição; Deus interviria e salvaria Israel; o Messias expulsaria os Romanos; preparavam o dia de Javé com orações e jejuns.

Fontes:

BRAKEMEIER, Gottfried, Mundo Contemporâneo do NT, Sinodal, São Leopoldo, 1984.

ACO – CPO, A História do Povo de Deus. 3 volume, São Paulo, 1999.

14084 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook