Uma janela sobre o mundo bíblico

O que vem a ser, uma pessoa pobre de espírito?



  • Pergunta de ana, Rgt
  • 157056
  • 21/11/2014
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Bem-aventurança |


 Olá Ana de Rgt!

A expressão “pobre de espírito” encontramos nas Bem aventuranças que conhecemos quase que décor. Assim penso que parte da compreensão das bem-aventuranças já possuímos. Pois as Bem-aventuranças norteiam nossa vida cristã. Ela é chamada de carta magna do cristianismo.

Querendo responder a pergunta, consultei vários comentários, e foi ai que me deparei com uma partícula “de” que determina a interpretação da expressão “pobre de espírito”.

A pergunta pede pelo significado da pessoa “pobre de espírito”, para a expressão temos uma interpretação da partícula “de”. Parecendo-me que uma interpretação a partir desta tradução não estaria tão bem assim.

Consultei o Novo Testamento grego de Nestlé –Aland e no texto original não tem a partícula “de” mas sim um dativo com a tradução de “em”. Se optarmos por esta indicação e traduzindo “pobres em espírito” a interpretação e compreensão será totalmente diferente.

Para o primeiro caso “pobre de espírito” se pode interpretar com o significado de a ser "pobre de espírito". Isto é ter aquela característica fundamental de perceber que se é espiritualmente vazio, e que somente confiando em Deus se pode preencher esse vazio. Reconhecendo que é espiritualmente pobre, a pessoa humilde de espírito conhece a sua própria necessidade.

Para o segundo caso “pobre em espírito”, sou inclinado aceitar esta tradução, não só porque vem do grego original, mas que nos ajuda a viver melhor o espírito desta bem-aventurança. A conclusão de Mateus para esta bem-aventurança não é para falar apenas dos pobres, mas para falar dos “pobres em espírito”, que é diferente. O que significa então a expressão? Para Mateus os que vivem em espírito de pobreza descobrirão seu verdadeiro lugar diante de Deus. Somos dependentes de Deus para viver, mas também dos nossos semelhantes. Deus conosco (Emanuel) e nós todos juntos.

Mateus quando escreve sabe muito bem que existem pobres que tem espírito de rico.

São aqueles que vivem imaginando que chegará para eles a felicidade, quando serão ricos. (exemplo ganhando o prêmio da loteria ou da loto, ou a vida de negócio está muito bem e lucrativa).

Sabemos que neste mundo não existe nada de pior do que um pobre com espírito de rico. O ensinamento é este: sabendo repartir liberdade e a vida estaremos construindo o reino de Deus. Este reino de Deus deve ser visto e vivido como um reino onde existe a liberdade e vida para todos.

Consulta:

RIENECKER, FRITZ – ROGERS, CLEON, Chave lingüística do Novo Testamento grego, Editora Vida Nova, São Paulo, 1985.

NESTLE-ALAND, Novum Testamentum Graece, Deutsche Bibelstiftung Stuttgard, 26 edição, Alemanha, 1981.

STORNIOLO, IVO, Como ler o evangelho de Mateus, O caminho da Justiça, Série como ler a Bíblia, Paulus, 5 edição,  São Paulo, 1992.

Bíblia de Jerusalém, 1980

Bíblia Almeida, 1995

157056 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook