Uma janela sobre o mundo bíblico

Já li que Jesus (yeshua) nasceu entre os essênios e não como diz algumas pessoas. O que vocês dizem?



  • Pergunta de José Rui Reina Martins, Bandeirantes / PR
  • 1610
  • 26/12/2014
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Jesus |


 Olá José Rui Reina Martins, Bandeirantes PR!

Para responder a pergunta começamos, pela compreensão dos essênios, (grupo radical no Judaísmo), que se afastam de Jerusalém, pois consideram o Templo de Jerusalém um lugar que se tornou impuro, e passam viver retirados em um grupo fechado, em comunidade, no deserto da Judéia, não muito longe do Mar Morto.

Portanto, o grupo dos essênios são Judeus, que se consideram puros, muito mais radicais que os fariseus, quanto a observância da lei, as regras de pureza, e o tradicionalismo absoluto. Recusavam o calendário Selêucida, (dominavam politicamente Israel) celebrando a Páscoa em outra data diferente do judaísmo oficial.

Acreditavam piamente que os Romanos iriam ser derrotados por milícias de anjos enviados por Deus, e que eles não iriam precisar usar de armas.

Para serem puros tomam diversos banhos rituais por dia.

Visitando o local chamado Qumran, onde viveu a comunidade dos essênios a arqueologia encontrou os alicerces das edificações, como refeitórios, salas de viveres, salas dos escribas, sinagogas e muitos tanques para purificações.

Substituem os sacrifícios que são feitos em Jerusalém, em troca da santidade de vida, na espera que Deus viria santificar novamente o templo de Jerusalém.

Buscam os essênio estarem sempre prontos, por isto vivam em santidade se purificando, até que Deus iria num combate escatológico eliminar todos os ímpios. Vão desaparecer na guerra de 66-70 d.C.

O que pensa Jesus?

A proposta de Jesus, para as pessoas e a humanidade é totalmente contrária aos essênios. Ele vai ao encontro dos pecadores, dos impuros, as prostitutas, os cegos, aleijados, mulheres e crianças. Sua proposta nada tem a ver com os essênios, os evangelhos não tem nenhuma frase completa nos escritos da comunidade dos essênios. A não ser por exemplo , a conjunção aditiva “e” ou o pronome relativo “que”, nada mais.

Assim entre os essênios e Jesus existe um abismo.

Impossível alguma ligação Dele com os essênios. Seja Seu nascimento, ou que ali passou parte de Sua vida. Os essênios não iriam agüentar o jeito de viver de Jesus

No máximo Jesus tenha ouvido falar deles, mas nada mais, nem visitou, nem conviveu na comunidade dos essênios. Eles nem o aceitariam.

Concluindo: Quanto à pessoa de Jesus, muito se escreveu, se falou, filmou etc., e junto com tudo isto muitas fantasias foram criadas. O importante, o que permanece são os evangelhos. Nesta boa nova devemos acreditar.

Imagens de  Qumran.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1610 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook