Uma janela sobre o mundo bíblico

Origem e significado da palavra anátema no Antigo Testamento referência Bíblica sobre o mesmo.



  • Pergunta de wellington, Várzea Grande / MT
  • 3405
  • 09/01/2015
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Anátema |


 Olá Wellington de Várgea Grande / MT!

No portal já foi respondida pergunta semelhante, mas deixo uma resposta em forma reduzido, com os textos do Antigo testamento inseridos.

Uma visão do significado de anátema na perspectiva bíblica.

Anátema (do latím anathema, e este do grego Αναθεμα) significa etimológicamente oferenda, mas no seu uso principal indica o significado de maldição, no sentido de condenação a ser colocado de lado ou separado, cortado do seu ambiente como se corta um membro, de uma comunidade de crentes.

A palavra Anátema será de certa forma uma sentença pronunciada e mediante a qual se expulsava alguém considerado um “herege” do seio da sociedade religiosa; esta expulsão era considerada uma pena mais grave que a excomunhão.

Entretanto seu significado original indicava uma "oferenda" aos deuses gregos. Com o passar do tempo o sentido se alterou e passou a ter um outro significado: aquele de estar formalmente separado, desterrado, exilado, sem comunicação com os outros. E mais ainda em algumas ocasiões foi até mal interpretado com a utilização do significado de maldito.

O significado de Anátema no Antigo Testamento e no Cristianismo

No texto do Antigo Testamento anátema tem o significado de condenação ao extermínio daquelas pessoas ou coisas afetadas pela maldição atribuída a Deus.

Nos dicionários de Teologia e dicionários Bíblicos percebemos que não é fácil de conseguir uma tradução ótima para o termo "anátema", sobretudo porque recentemente começaram aparecer comentários que voltam a associar um significado benévolo para o termo anátema. O significado original da palavra grega implicava uma "oferenda aos deuses", algo de conotação positiva de acordo aos critérios espirituais da antiga Grécia. Quando a palavra foi usada na Septuaginta (tradução ao grego das Escrituras originais em idioma hebreu), o termo anátema foi usado para traduzir a palavra hebréia "herem":

Qual o significado para “herem” (anátema) no Antigo Testamento

No Antigo Testamento encontramos os seguintes significados para “herem”: como promessa, aquilo que o ser humano consagra Deus. Esta oferta consagrada a Deus não pode ser comprada ou vendida, mas deverá ser entregue a Deus. O texto do livro de Levítico 27,28 nos diz:

“Contudo nada do que alguém consagra a Iahweh, por anátema, pode ser vendido ou resgatado, quer seja homens, animais ou campos do seu patrimônio”. (Levítico 27,28) Bíblia de Jerusalém.

Outro significado para “herem” é o de castigo, sobretudo aquele da idolatria, que poderia ser aplicado a indivíduos ou mesmo cidades inteiras. Vejamos em Ex 22,19 o termo anátema adquire o sentido de castigo

“Quem sacrificar a outros deuses será entregue ao anátema” (Ex 22,19) Bíblia de Jerusalém.O termo é aplicado a cidades inteiras em Dt 13,13-19

“ .....deverás passar a fio de espada os habitantes daquela cidade. Tu a (cidade) sacrificarás como anátema, juntamente com tudo o que nela existe.....”. Dt 13,13-19 Bíblia de Jerusalém.

Pensava-se que os homens e objetos contaminados pela idolatria tornavam-se uma fôrça perigosa e deveriam ser evitados, e pela execução se terminava com tais forças.

Um último significado para “herem” é dado como medida millitar. Esta consistia na consagração da presa e até do território para Deus com a finalidade de obter ajuda de Deus na conquista do inimigo. Vejamos em Núm 21,1-3

“....Consagraram-nos ao anátema, eles e suas cidades” (Núm 21,1-3) Bíblia de Jerusalém.

Ou mesmo Js 6

“...A cidade será consagrada como anátema a Iahweh, com tudo o que existe.” (Js 6) Bíblia Jerusalém.

Assim podemos entender o significado de anátema como uma regra de guerra santa, que está cumprindo uma ordem divina, ou um voto para garantir a vitória contra aqueles que se combate. O esquecimento de tal voto será punido severamente.

Portanto anátema é usado para referir-se a coisas oferecidas a Deus e também para referir-se a algo "fora de limites" ou "separado no uso comum ou ordinário" (não religioso). Se constatou que raiz da palavra grega "anátema" com o significado de "oferenda a Deus" foi usada para traduzir a palavra "herem" com seus vários significados. De modo que o significado da palavra grega "anátema", baixo a influência de sua associação com a palavra hebraica "herem", foi eventualmente adotada para dar ideia de "separar". (sendo que 'herem' em realidade tinha outro tipo de conotação: a palavra dava ideia de algo "desterrado" ou "algo considerado baixo o julgamento e condenação da comunidade". Desafortunadamente dentro da língua portuguesa, não se encontram termos afins. Por outro lado, considerar anátema como algo "maldito", em si sugere ocultos poderes e artes mágicas, as quais sempre estiveram proibidas e condenadas no Judeo-cristianismo.

3405 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook