Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual a importância do jejum para os cristãos?



  • Pergunta de Marcelle Rodrigues, Macapá / AP
  • 9412
  • 03/04/2015
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Jejum |


 Olá Marcelle Rodrigues de Macapá / AP!

O Jejum é uma pratica de purificação muito antiga. Encontramos em muitas passagens da Bíblia. O Antigo Testamento e Novo Testamento falam do jejum e de sua importância. Jesus não só praticou o jejum como forma de preparação para sua missão, passando 40 dias no deserto, mas recomenda a todos os seus seguidores esta prática. Sem dúvida tudo o que é importante em nossa vida merece ser preparado, pensado, decidido para depois ser executado. O jejum é uma das formas muito importante para alcançarmos os nossos objetivos em algo que propomos fazer para Deus.

A igreja católica recomenda o jejum durante o tempo de quaresma como forma de preparação da festa da Páscoa.

Os católicos dão importância ao Jejum na preparação da Festa da Páscoa.

Os católicos atualmente praticam o jejum durante o tempo de quaresma. Quaresma é o período de jejum e conversão que os católicos tradicionalmente observam. A duração do jejum da quaresma foi estabelecida no século IV de 40 dias de duração. Tempo que vai da quarta feira de Cinzas até a Páscoa. Durante este período, os participantes comem muito pouco, ou simplesmente deixam de comer algum tipo de comida (caso carne vermelha é substituída por carne de peixe na sexta feira) ou deixam de praticar alguma ação habitual. A quaresma inicia na quarta-feira de cinzas com um forte apelo ao jejum, a oração e a abstinência de carne como uma forma de os católicos lembrarem-se do arrependimento de seus pecados imitando o exemplo das pessoas do Antigo Testamento, que usavam vestes de panos de saco, cinzas na cabeça e jejum (Ester 4,1-3; Jeremias 6,26; Daniel 9,3; Mateus 11,21).

O que o Novo Testamento fala do Jejum.

Atestando com o Novo Testamento estes atos de Jejum e arrependimentos devem ser praticados de forma que não atraiam atenções sobre os que praticam o jejum. Vejamos o texto de Mateus 6,16-18:

“E, quando jejuardes, não tomeis um ar sombrio como fazem os hipócritas; pois desfiguram o rosto, para que seu jejum seja percebido pelos homens. Em verdade vos digo: já receberam a sua recompensa. Tu, porém, quando jejuares, unge a cabeça, e lava o rosto, para que os homens não percebam que estás jejuando, mas apenas o teu Pai, que está presente em segredo; e teu Pai, que vê o que está oculto, te recompensará” (Mateus 6,16-18). Bíblia de Jerusalém.

Outro texto significativo é o jejum praticado por Jesus contado em Mateus 4,2:

“Por quarenta dias e quarenta noites esteve jejuando. Depois teve fome...” (Mateus 4,2) Bíblia de Jerusalém.

9412 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook