Uma janela sobre o mundo bíblico

Em Atos dos Apóstolos 10,11-16, na visão de Pedro, devemos interpretar como parábola ou Deus purificou todos os animais?



  • Pergunta de Osmar, Vacaria /RS
  • 11797
  • 06/04/2015
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Animais | Concílio de Jerusalém |


O capítulo 10 de Atos dos Apóstolos é muito importante para a história da igreja primitiva. Nos versículos que você menciona Pedro, o pratagonista da igreja nascente, tem uma visão. Na nossa fé, poderíamos dizer que é a mensagem de Deus que se dirige a ele. Não é uma parábola! É uma mensagem que faz com que Pedro reflita sobre a estrada a ser trilhada pela comunidade. Na visão Pedro é convidado a comer de "todos os quadrúpedes e répteis da terra, e aves do céu". Pedro rejeita tal proposta, por que, conforme a concepção judaica, nem todos os animais são puros e por isso não podem ser comidos. Por isso Pedro não aceita o convite a comer de tudo. Todavia, o convite se repete por três vezes e na visão a voz lhe diz: "Ao que Deus purificou, não chames tu de profano".

Essa história não deve ser lida como um texto isolado, mas devemos inserir no contexto da visita de Pedro à casa do centurião romano e do seu batismo, pois a visão que Pedro tem acontece imediatamente antes do convite para ir até a casa do pagão. O centurião romano era uma pessoa que não seguia os costumes da Torah. Ele não era circunciso e comia de tudo. Tradicionalmente, com essas pessoas os judeus não deviam ter relações. A questão que estava em jogo era:

a igreja de Cristo deve ficar dentro do âmbito judaico ou se destina também aos que não são judeus, aos gentios?

No final da narração, o Espírito Santo desce sobre os da casa de Cornélio, do centurião romano, e Pedro batiza pela primeira vez alguém que não pertencia à religião judaica.

Com esse gesto começa a criar consciência que o Evangelho não se destina apenas a algumas pessoas, mas a todos. Tal processo será determinado no Concílio de Jerusalém (Atos 15), graças às questões suscitadas pela pregação de Paulo e Barnabé, que se dirigem aos gentios.

11797 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook