Uma janela sobre o mundo bíblico

Vou citar o exemplo de um primo. Ele é crente, da Assembleia de Deus, e um certo irmão, que estava pregando, revelou que ele seria diácono e que iria pregar no púlpito. O meu primo ainda não é diácono; tem apenas 14 anos. É dito que Jesus pode voltar a qualquer momento, mas meu primo ainda não é diácono. Então se conclui que Deus não poderá voltar até que o rapaz se torne diácono, visto que Deus não pode falhar com a promessa e nem mentir. Como entender essa situação?



  • Pergunta de Débora Stefhan de Araújo, Petrolina / PE
  • 2730
  • 12/05/2015
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Escatologia |


Olá Débora Stefhan de Araújo, Petrolina / PE!

Li com atenção varias vezes a pergunta, para poder captar o que de fato queres saber. A resposta poderá ser em duas partes.

O que perguntas no início com respeito do Pastor que deu uma revelação, penso que não deveríamos ir tão longe, falar em revelação. O que aconteceu, é a experiência que o Pastor foi adquirindo em seu campo de trabalho, na observação das pessoas, e chegou a uma conclusão, que até pode ser acertada. O seu primo deve ter facilidade de compreensão do texto Bíblico, tem facilidade de expressão, provavelmente exerce com facilidade a liderança, como algo seu e recebido de Deus, e que tem tudo para ser um ótimo pregador da palavra de Deus.

Na segunda parte coloco algumas considerações, não podemos querer que Deus faça aquilo que queremos. É Deus que faz aquilo que é melhor para nós. Não podemos nem adiar sua vinda e nem antecipar. O próprio texto bíblico, do evangelho de Marcos 13, o considerado discurso escatológico de Jesus nos esclarece quanto ao dia e a hora da vinda do filho do Homem. Jesus apenas insiste em nossa vigilância, estarmos sempre perto de Deus e cumprindo suas palavras. Vejamos o texto de Marcos 13,33:

33”Atenção e vigiai, pois não sabeis quando será o momento”...“35Vigiai, portanto, porque não sabeis quando o Senhor da casa voltará:...E o que digo, digo a todos:vigiai” (Marcos 13,33.35) Bíblia de Jerusalém .

2730 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook