Uma janela sobre o mundo bíblico

O que quer dizer Isaías 3,17: “O Senhor fará tinhosa a cabeça das filhas de Sião. O Senhor porá a descoberto as suas vergonhas”?



  • Pergunta de Jaqueline, Recife
  • 32160
  • 21/07/2010
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Isaías


Para entender essa frase dentro do seu contexto e tirar uma mensagem para nós hoje é necessário ler todo o capítulo 3 de Isaías e situar o assim chamado “Primeiro Isaías”, capítulos 1-5.

Isaías, nascido por volta de 740 antes de Cristo, recebeu a missão de anunciar a ruína dos reinos de Israel e de Judá, conseqüências da infidelidade do povo em relação a YHWH. O seu anúncio se coloca no período histórico em que a Assíria ameaçava conquistar Israel e Judá.

O contexto histórico do capítulo 3 é aquele próximo à subida ao trono do rei Acaz, ocorrida em 736 antes de Cristo. Uma das preocupações básicas de Isaías é a corrupção moral que existia no Reino do Sul, em Judá. A partir do vrsículo 16 até o 24 encontramos uma advertência às mulheres, às “filhas de Sião”. O profeta descreve o orgulho, a vaidade, a cobiça delas e anuncia a mudança de estado, que virá como castigo. Serão privadas de toda a riqueza e vaidade e nelas serão visíveis os sinais da ocupação. Entre as conseqüências da vingança do Senhor estão a “tinha” e a “nudez” que caracterizarão as mulheres de Judá, provocadas provavelmente pelos invasores. A tinha é uma doença da pele, tipo micose, provocada por fungos que podem levar à queda dos cabelos e manchas. A nudez na Bíblia, com o pecado, se torna vergonha, situação de embaraço, como lembra o mesmo Isaías, mais adiante, em 47,3: “Apareça a tua nudez, seja vista a tua vergonha; eu tomo vingança de ti: inguém se oporá a isto.”

Um paralelo famoso a este texto de Isaías encontra-se no profeta Amós, que fala desta vez contra as mulheres do Reino do Norte, as mulheres de Samaria, chamando-as de “vacas de Basã”, que oprimem os indigentes. Também contra elas o profeta anuncia a opressão do invasor (veja Amos 4,1-3).

32160 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook