Uma janela sobre o mundo bíblico

Por que Paulo foi preso e como ele foi preso?



  • Pergunta de Jhony, São Paulo / SP
  • 29979
  • 25/05/2015
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Paulo de Tarso |


Olá Jhony de São Paulo!

Conforme nos narra o Novo Testamento Paulo foi preso varias vezes e passou por varias prisões, enumero algumas:

1 - Prisão em Felipos narrado em (At 16,23),

2 - Prisão em Jerusalém (At 21,33),

3 - Prisão em Cesaréia (At 23,23),

4 - Prisão em Roma (At 28,20).

5 - Prisão muito pesada em Éfeso, de onde escreveu as cartas para os Filipenses (Fil 1,13), para os Colossenses (Co 4,18) e, talvez, para Filemon (9 e 13) A prisão em Éfeso foi tão sofrida e dura, que ele chegou a perder a esperança de sobreviver (2Cor 1,8-9). O texto de Coríntios nos diz que foi como

``uma luta contra animais selvagens'' (1Cor 15,32).

Paulo falando de si mesmo na Carta aos Coríntios afirma que passou por muitas prisões (2Cor 11,23).

Os motivos quer levaram Paulo a prisão.

A leitura do texto escrito nos leva as diferentes prisões e os motivos que o colocaram na prisão, vejamos o texto:

Em Filipos, a acusação eram contra Paulo e Silas:

``e disseram, apresenta-os aos estrategos: “Estes homens semeiam perturbação em nossa cidade. São judeus e inculcam usos que não nos é permitido a nós, romanos, nem admitir e nem seguir'' (Atos dos Apóstolos 16,20-21). Bíblia de Jerusalém.

Em Jerusalém, os judeus instigam o povo contra Paulo:

``Homens de Israel, socorro! Ei-lo o indivíduo que prega a todos e por toda a parte contra o nosso povo, a Lei e este Lugar! 29 Além disso, introduziu no ``Templo, e profanou este santo Lugar'' (Atos dos apóstolos 21,28-29). Bíblia de Jerusalém.

Em Cesaréia, Paulo foi acusada deste modo: o governador recebeu a seguinte escrita do oficial romano de Jerusalém a respeito de Paulo:

``Verifiquei que a acusação se referia a pontos contestados de sua Lei mas que não havia inculpação  que merecesse a  morte ou as cadeias'' (Atos dos Apóstolos 23,29) Bíblia de Jerusalém.

No tribunal os judeus diziam:

“Verificamos que este homem é uma peste: suscita tumultos entre todos os judeus do mundo inteiro e é um chefe do partido dos nazoreus. Tentou mesmo profanar o Templo; nos então o prendemos” (Atos dos Apóstolos 24,5-6) Bíblia de Jerusalém.

29979 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook