Uma janela sobre o mundo bíblico

Aonde Jesus estava, quando contou a parábola do fariseu e cobrador de impostos ?



  • Pergunta de Francis Emanuel , Senador Canedo / GO
  • 3058
  • 28/05/2015
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Parábolas |


Olá Francis Emanuel de Senador Canedo / Goiás!

Olhemos o texto do evangelho de Lucas onde é narrada está Parábola. Ela está em Lucas 18,9-14, onde Jesus conta a Parábola para os fariseus.

Olhando o conjunto que envolve os acontecimentos desta parte do evangelho, Jesus decide pela grande viagem a Jerusalém, os discípulos o acompanham, tem início em Lucas 9,51 e vai até Lc 19,28.

Nos aproximando do texto da Parábola do Fariseu e o Publicano aparece Jesus em atividade na Samaria, precisamente na região de Jenin, ali cura os dez leprosos. Depois é que aparece Jesus contando a Parábola conforme o texto. Esta Parábola de Jesus é dirigida aos que “confiavam em si mesmo e desprezavam os outros”, a indicação é que Jesus conta para os Fariseus. Se Jesus conta a Parábola para os Fariseus ele não estava mais na Samaria, pois é território considerado impuro pelos judeus. Observantes e conhecedores da a lei eles não passariam por esta região.

Jesus segue adiante deixa a Samaria passando o Rio Jordão e se encontra na Transjordânia, atual Jordânia. Possivelmente se encontrava nas cercanias de Betânia situada na Transjordânia.

Isto se confirma, pois em seguida Jesus é avisado que seu amigo Lázaro morador nas cercanias de Jerusalém (lugar chamado de Betânia), estava muito doente. Jesus deixa o território da Transjordânia e caminha cerca de 40 Km até Betânia (5 Km de Jerusalém)

Estas informações colhi lendo o livro “O Evangelho de Jesus”, dos voluntários da associação MIMEP, Milão,  poderão te ajudar. Neste Novo Testamento da MIMEP aparece o texto do evangelho, com uma linha do dia mês e ano, e junto a localização no mapa da Palestina do tempo de Jesus.

Cosulta:

GALBIATI, Henrique, O evangelho de Jesus, editado pelos voluntários da MIMEP, Ist. S. Gaetano, Vicenza, Italy e Edições Paulinas, Caxias do Sul, 1971, pág.243-244

3058 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook