Uma janela sobre o mundo bíblico

Aonde diz que os hebreus ficaram 40 anos no deserto por desobediência?



  • Pergunta de Mauricio Ferreira, Uberaba
  • 20890
  • 01/06/2015
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Êxodo |


A ideia dos 40 anos de caminhada pelo deserto como um período de expiação pela falta de confiança em Deus por parte do povo de Israel é muito frequente; é uma releitura do Êxodo. E o deserto realmente é um lugar de rebelião, de protestos contra os desígnios de Deus. A atribuição de uma culpa de Israel, que faz com que ele fique 40 anos "vagando" pelo deserto, faz parte de um tipo de religião que sublinha a retribuição, o merecimento ou a condenação. Todavia o deserto, na história de Israel, tem um significado muito mais profundo. Isso não exclui a desobediência, que é do povo, mas sublinha a misericórdia, que é de Deus.

O povo sonhava entrar na Terra Prometida, na liberdade. Mas se encontra em uma situação de desespero, de abandono, de fome e privação. Diante disso o povo murmura, protesta, dá bronca em Moisés e chora as "cebolas do Egito", tem saudades do tempo que era escravo. É por isso que o povo do êxodo é lembrado pela sua desobediência, pelo coração duro, por ter duvidado da presença de Deus.

Todavia essa leitura deve ser integrada com elementos positivos. O deserto não é punição, não é só areia e pedra e nem um caminho errado escolhido por Moisés. Ele tem uma importância fundamental para quem coloca a confiança em Deus. É a esperança em Deus que garante a chegada até a verdadeira pátria, como bem lembram dois textos importantes do Deuteronômio:

Iahweh acompanhou a tua caminhada por este grande deserto. Eis que durante quarenta anos Iahweh teu Deus esteve contigo e coisa alguma te faltou (Dt 2,7);

Lembra-te, porém de todo o caminho que Iahweh teu Deus te fez percorrer durante quarenta anos no deserto, a fim de humilhar-te, tentar-te e conhecer o que tinhas no coração: irias observar seus mandamentos ou não? Ele te humilhou, fez com que sentisses fome e te alimentou com o maná que nem tu nem teus pais conheciam, para te mostrar que o homem não vive apenas de pão, mas que o homem vive de tudo aquilo que procede da boca de Iahweh. As vestes que usavas não se envelheceram, nem teu pé inchou durante esses 40 anos. Portanto, reconhece no teu coração que Iahweh teu Deus te educava, como um homem educa seu filho. (Dt 8,2-5).

20890 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook