Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual a importância dos livros históricos na Bíblia e o que eles representam para o curso de teologia?



  • Pergunta de Patrícia Elaine Pereira Pedrosa, Belo Horizonte
  • 3276
  • 04/06/2015
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Historicidade | História |


Os livros históricos são aqueles a partir de Josué, até Macabeus (12 livros na Bíblia Católica e 12 na protestante - veja o elenco), para o Antigo Testamento. Para o Novo Testamento, poderíamos dizer que históricos são os 4 evangelhos e Atos dos Apóstolos.

Os livros históricos são muito importantes, pois narram como Deus se revela, como se apresenta e qual a sua mensagem. Eles mostram que Deus não é abstrato, mas se revela na história, a um povo concreto, em uma dada situação. Por isso, para conhecer a Deus precisamos conhecer a história na qual ele se é revelado. A revelação divina não é um ditado, mas é um processo lento, que acompanha a caminhada de um povo escolhido.

Por outro lado, há um perigo incito nos livros históricos, para nós leitores modernos. É normal que muitas pessoas se aproximam deles com metodologias de leitura modernas, buscando notícia histórica como se busca informações em um livro de um historiador. Há um artigo aqui no site que fala sobre a questão da história e a vida de Jesus. Esse artigo sublinha como os livros históricos foram escritos com o objetivo de levar as pessoas a se descobrirem, a encontrar a Deus. Por isso não está correto exigir que forneçam informações exatas, historicamente falando. Não foram historiadores que escreveram essas obras, mas pessoas de fé que contam a própria experiência de encontro com o Senhor. Eles não pretendem contar a história para a posteridade, mas a experiência de fé da comunidade a qual pertenciam.

3276 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook