Uma janela sobre o mundo bíblico

Se as cartas escrita na bíblia são para conduzir a todos pelo caminho certo, por que os estudiosos dizem que é só para o povo daquela região?



  • Pergunta de André, São Paulo
  • 1719
  • 12/06/2015
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Cartas | Novo Testamento |


Na Bíblia temos 21 cartas que coincidem com 21 livros do Novo Testamento. Existem também as cartas escritas às sete igrejas, que se encontram no último livro, em Apocalipse 1 - 3 (Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, SArdes, Filadélfia e Laodiceia).

As cartas do Apocalipse, como todo o livro, têm um sentido mais do que literal. Não são verdadeiras cartas àquelas cidades, mas dirigidas a todos os cristãos, já na mente do autor. O número sete, que há a ver com totalidade, já demonstra esse intuito. Mesmo assim, é verdade que o autor do Apocalipse se inspira no modo de ser próprio de cada uma das 7 comunidades.

As 21 cartas, os 21 livros do Novo Testamento escritos em forma de carta, invés, em alguns casos, são verdadeiras cartas, escritas e enviadas às comunidades. Pensamos principalmente àquelas de Paulo, que escreve, quando estava longe, às comunidades por onde havia passado ou deseja passar. Portanto elas são dirigidas a pessoas concretas, inicialmente. Com o passar do tempo, a mensagem enviada a uma comunidade singular se tornou mensagem para todos os cristãos. Por exemplo, aquilo que Paulo escreveu aos Coríntios falando do amor, da caridade serve também para nós hoje.

Sinceramente não conheço os estudiosos que dizem que as cartas são dirigidas unicamente ao povo de cada cidade. Se você faz uma análise meramente literal, por exempo das Cartas de Paulo, poderá dizer que elas têm um destinatário claro, contextualizado no tempo. Mas nenhum teólogo pode dizer que não têm mais valor para hoje. Um cristão não poderá negar a atualidade de cada um dos escritos bíblicos. Todos trazem uma mensagem para nossas vidas de cristãos.

1719 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook