Uma janela sobre o mundo bíblico

Quem era Malco, o servo do sacerdote que teve sua orelha decepada?



  • Pergunta de Raimundo Resplandes de Oliveira, Rio Maria
  • 12752
  • 27/09/2015
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Getsêmani |


Olá Raimundo Resplandes de Oliveira de Rio Maria!

Conforme o teto do evangelho de João, o personagem Malco era o servo do sumo sacerdote. Vejamos o texto:

“10Então, Simão Pedro, que trazia uma espada, tirou-a, feriu o servo do Sumo Sacerdote, a quem cortou a orelha direita. O nome do servo era Malco.” (João 18,10) Bíblia de Jerusalém.

Quem era Malco?

Dos quatro evangelistas que narram a prisão de Jesus somente João nos indica o nome do servo: Ele se chama de Malco. Os outros evangelistas, Mateus Marcos e Lucas o identificam como “o servo do sumo sacerdote”, e nada mais.

Este nome tem origem no Aramaico e quer dizer Rei. No hebraico encontramos “Melek” para designar Rei, mesma raiz.

Nesta época em Jerusalém o título de Rei estava decadente: as experiências anteriores não foram boas. O Rei Herodes era estrangeiro sua mãe era Iduméia, morreu em 64d.C., seu filho que continuou governando a Judéia Arquelau, cometeu disparates e foi deposto e exilado pelos Romanos. Tem inicio o regime de procuradores em Jerusalém. A mentalidade popular valorizava mais o poder do sumo sacerdote do que o representante político de Roma. Assim Malco, embora fosse servo do Sumo sacertote adquiriu importância, pois estava sob o teto do cargo mais importante para os judeus. Seu nome designava tudo: era uma figura do regime constituído, em mãos da hierarquia sacerdotal.

A ação de Pedro é inconseqüente, quer terminar com este sistema, mas sem a visão do perigo que estava o cercava.

Jesus neste acontecimento que envolve Pedro e Malco deixa uma lição salutar: ele está oferecendo a vida, seu amor é sem limites para com os homens, quer atrair todos para si. Jesus demonstra ser Rei de Israel mas com uma forma que Pedro não entende.

12752 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook