Uma janela sobre o mundo bíblico

A igreja ignora o que o livro do Levítico diz em 18,22 essa parte que o homossexual tem que ser morto? se ela ignora, qual a explicação que ela dá para ignorar esse trecho? caso ela não ignora e tem uma explicação plausível sobre esse trecho, qual é a explicação?



  • Pergunta de Wesley Vagula de Lima, São José dos Campos - SP
  • 1805
  • 14/11/2015
Odalberto Domingos Casonatto

Olá Olá Wesley Vagula de Lima deSão José dos Campos - SP!

Pergunta em forma ampla:

 

Boa tarde, Sempre tive amigos Ateus que falavam trechos da Bíblia que era contraditórios ou algum absurdo! para que não diminua minha fé, comecei a ler a bíblia e a estuda-la... Mas teve uma parte na qual eu não achei resposta, pois é a que fala o seguinte: “Com homem não te deitarás como se fosse mulher; é abominação” e “Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram coisa abominável; serão mortos; o seu sangue cairá sobre eles”. São Levítico 18,22 e Levítico 20,13 o texto fala sobre que o homossexual tem que ser morto, mas aí a bíblia entra em contradição com um dos 10 Mandamentos, que é não matarás! isso inclui o homossexual, pois não fala exceto o homossexual! que nem todo texto que fala que separação de casamento é pecado, ele fala que é exceto em caso de adultério! pois se o homossexual tivesse que ser morto a Bíblia falaria! Minha dúvida é o seguinte, A igreja ignora essa parte que o homossexual tem que ser morto? se ela ignora, qual a explicação que ela dá para ignorar esse trecho? caso ela não ignora e tem uma explicação plausível sobre esse trecho, qual é a explicação?

Pergunta de Wesley Vagula de Lima (14/11/2015):

 

 

Olá Wesley Vagula de Lima !

Opiniões a respeito do homossexualismo existem inúmeras. Podemos dizer de todos os matizes. Mas nada em definitivo. A verdade é que o número de homossexuais aumentou enormemente. Nas Igrejas encontramos três maneiras de entender. Os radicais, condenam os que praticam o homossexualismo, um segundo grupo de Igrejas são as que simplesmente ignoram, não se importam ou fazem conta que não existe e o terceiro modo de ver pertence ao grupo dos que não discriminam e aceitam a participação nas Igrejas dos homossexuais.

Parto do princípio que não temos autoridade como seres humanos de descriminar as pessoas, por aquilo que pensam ou fazem. Somente Deus, que conhece o interior do homem é que tem esta autoridade.

O que vale para nós não é o ensinamento do Antigo Testamento da Lei do Talião “dente por dente e olho por olhos”. Jesus não aprovou este procedimento. Muito menos Jesus não aprovaria a morte do pecador, ou a morte do homossexual. Jesus quer que todos tenham vida. O mesmo Jesus afirma, não vim para eliminar a lei (o ensino do antigo Testamento) mas sim para aperfeiçoa-la.

Na atividade ministerial de Jesus encontramos:

Jesus que dá a vida a pecadora pública a mulher adultera. No final Jesus anuncia para ela vai e não tornes a pecar.

Curou o leproso, reintegrando a sociedade.

Curou o cego dando vida para ele.

Curou a mulher que sofria fluxo de sangue e era descriminada.

Tantos outros milagres Jesus demostrou claramente o que ele quer e o que os seus seguidores façam.

Por este motivo, condenar descriminar, desejar a morte, ao que pensa diverso de nós não é a melhor decisão. Muito menos decisão evangélica.

Sem entrar na discussão até que ponto o homossexualismo é aceito por Deus, destacamos este aspecto. Da não descriminação, da aceitação da pessoa como filho de Deus.

É muito melhor olhar com os olhos de respeito humano, do que ter a pretensão de julgar e  condenar colocando-se no lugar de Deus.

1805 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook