Uma janela sobre o mundo bíblico

Quando foram inserido os livros apócrifos na Bíblia?



  • Pergunta de Aparecida, Belford Roxo - RJ
  • 2222
  • 24/11/2015
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Apócrifos |


Olá Aparecida de Belford Roxo - RJ!

Para os protestantes, a Bíblia católica acrescentou livros no original da Bíblia hebraica e Lutero a partir de 1520 d.C., passa a considerar com tendo 66 livros. A Bíblia hebraica para o Antigo Testamento (39 livros) e mais os 27 livros do Novo Testamento.

A Bíblia sob o olhar de Lutero:

Possui 66 livros sendo que é formada pela Bíblia Hebraica no Antigo Testamento (39 livros), escrita em hebraico) e mais os 27 livros do Novo Testamento (em grego).

Lutero considerou os sete livros do Antigo Testamento escritos em grego, vindo da famosa Bíblia Septuaginta, como apócrifos, pois estavam na escrita grega. Lutero em sua edição da Bíblia em alemão colocou os 66 livros e no final um apêndice com os outros sete livros que ele considerou como apócrifos. Com o passar do tempo este apêndice com estes 7 livros foram tirados.

A Bíblia Católica:

Conta de 73 livros sendo (46 livros do Antigo Testamento (39 da Bíblia Hebraicas mais sete da Bíblia septuaginta) e mais os 27 livros do Novo Testamento em grego.

O uso do termo apócrifos pelos protestantes!

O uso deste termo livros apócrifos, livros que segundo os protestantes foram acrescentados ao texto bíblico, pode se confundir com o sentido que os católicos dão para estes 7 livros que são chamados de deuterocanônicos (de segundo mão) ou livros que vieram depois. Assim estes livros não são classificados como os apócrifos do Novo Testamento que sabemos não estão nos textos sagrados, cujos textos são muitas vezes carregados de fantasia.

A época que estes livros apócrifos foram acrescentados na Bíblia, remonta a época em que os Judeus espalhados pelos Império Romanos, perderam a capacidade de ler e falar hebraico e passam falar grego para se comunicar (no terceiro século antes de Cristo os judeus de Alexandria começar a traduzir a Bíblia do hebraico para o grego). A Bíblia foi traduzida para o grego para facilitar a leitura e compreensão. Nesta Bíblia foram incluídos outros livros que não constavam na antiga Bíblia hebraica.

No primeiro século os judeus convertidos para o cristianismo utilizavam esta Bíblia para o texto do Antigo Testamento, pois entendiam a escrita grega.

Consulta:

KONINGS, JOHAN, A Bíblia, sua história e leitura uma introdução, coleção religião e saber 2, Vozes, Petrópolis, 1992, pág.15-33.

ROBERT, A.,FEUILLET, A., Introdução à Bíblia, Antigo Testamento, os livros proféticos, Herder, São Paulo,1967, pgs. 34-56.

2222 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook