Uma janela sobre o mundo bíblico

O que Jesus falou para os discípulos no Monte das Oliveira já aconteceu?



  • Pergunta de David da costa neves, vacaria rs
  • 2468
  • 29/11/2015
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Apocalipse | Mateus |


Assim continua a pergunta:

Há muitas explicações, mas nenhuma fecha com o que está escrito na Bíblia. Uma pessoa muito estudiosa me disse que a grande tribulação da qual fala mateus 24,15-28 já aconteceu cerca de 100 anos depois da morte de Jesus. Os discípulos queriam saber o que iria acontecer nos últimos dias e no dia da vinda de Cristo. Sendo assim podemos concluir que os últimos dias, o dia de sua vinda, já começaram depois da morte de Jesus. Eu pensava que o fim dos tempos e a volta de Jesus começariam na nossa época e o que está escrito em Mateus 24,15-28 ainda iria acontecer. Acredito muito nas resposta que vocês postam nesse site, por isso gostaria das explicações de um de vocês, desde já fico grato!

David, o texto que você menciona, Mateus 24, é chamado de Apocalipse de Mateus. A chave de leitura que precisamos adopar para esse texto é a mesma para ler outros textos apocalípticos, como Daniel, do Antigo Testamento, o próprio livro do Apocalipse (Revelação) e também Lucas 21.

Ficamos facilmente impressionados pelo extravagante. No campo jornalístico é costume dizer que coisa boa não faz notícia; a todos chama atenção a desgraça. E é isso que nesses textos mencionados nós frizamos, quando os lemos. Pensamos que a Bíblia está falando da desgraça, que está chamando a nossa atenção para esses fatos extraordinários. Invés não! Está chamando a atenção para a presença de Deus. De fato, veja bem que em todos os textos que falam de coisas extraordinárias, de eventos espantosos, têm como cúlmine a vinda de Jesus ou de Deus. É assim já em Daniel 7, quando o Filho do Homem vem sobre a nuvem. É ele que também vem, sempre sobre a nuvem, nesse texto de Mateus 24 e também em Lucas 21. Os fatos mudam, os dramas são diferentes, mas a vinda de Cristo é constante. É por isso que podemos sublinhar que a mensagem que textos apocalípticos querem transmitir não é sobre os fatos do fim do mundo, mas é a certeza da presença de Deus.

Os fatos dramáticos (terremotos, incêndios, cataclismas, perseguições, etc) fazem parte da história, acompanham a humanidade desde sempre. A Bíblia ensina que o fiel deve ter a certeza que quando estamos em dificuldades aparece Deus, sobre a nuvem, da sua morada. Portanto os textos apocalípticos são mensagens de esperança e nada tem a ver com fim do mundo.

Quando as pessoas, os cristãos se encontram em grandes dificuldades, "então verão o Filho do Homem vir sobre uma nuvem com grande glória e majestade" (Lucas 21,27). O cristão que vive em dificuldade pode ter certeza da presença de Cristo, que estende sua mão para levantar do abismo quem está caído.

 

Abominação da desolação

O texto de Mateus provavelmente tem um contexto histórico que pode explicar a leitura esperançosa feita pelo apóstolo e evangelista. Jerusalém foi ocupada por Roma, que no final, destroi o templo. Algo assim aconteceu também na época em que foi escrito o livro de Daniel, cerca de 200 anos antes de Cristo. Naquele tempo um rei malvado (Antíoco Epífanes) profanou o templo construindo um altar pagão, chamado de "abominação da desolação". Tanto naquele período quanto no atual em que escreve Mateus, a esperança dos fieis, desmoralizados com a situação histórica, deve se concentrar no Senhor, o Filho do Homem, que vem sobre a nuvem, com poder e grande glória. Ele reúne os fieis, dando-lhes esperança e salvação.

 

Concluindo

O que Jesus disse aos discípulos já aconteceu, está acontecendo e continuará a acontecer. É algo que sucede em todo o momento quando há uma crise. Ela pode ter abrangência individual, local ou até mesmo mundial. A pergunta que precisamos fazer é se conseguimos nos levantar, se conseguimos ter fé e, nesses momentos terríveis, ver o Cristo que vem, que nos abraça, que nos levanta. Esse é o apocalipse, a revelação!

2468 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook