Uma janela sobre o mundo bíblico

Inscrição confirma a existência do rei Ezequias



Leia mais sobre Arqueologia |


Típico da natureza humana é a necessidade de tocar com as próprias mãos ou ver com os próprios olhos provas de coisas que se escuta dizer. Muitas histórias bíblicas têm como única fonte o próprio texto bíblico e poucas evidências fora do texto sagrado. Muitos expertos se dedicam a encontrar evidências históricas, seja através de citações externas à Bíblia ou com achados arqueológicos. Foi o que aconteceu recentemente com o Rei Ezequias, o rei de Judá que fez uma importante reforma religiosa, muito louvada pela Bíblia (leia aqui sobre ele). Ele teria vivido cerca de 700 anos antes da vinda de Cristo.

Os arqueólogos da Universidade de Jerusalém anunciaram, no início do mês, que acharam, no monte do templo, em Jerusalém, uma inscrição que traz o seu nome (veja a foto ao lado). Na verdade é uma impressão feita por um anel, como era costume naquele tempo. Era como uma assinatura das autoridades, como um carimbo de hoje.

Ela traz uma inscrição em hebraico antigo que diz: "pertencente a Ezequias, (filho de) Acaz rei de Judá".

Além da frase, pode-se também ver dois sois com asas e um típico símbolo da vida, usado também no Egito.

Abaixo você encontra um vídeo, em inglês, que fala da descoberta. Nesse link, sempre em inglês, você pode ver outros detalhes sobre descobertas feitas recentemente na área aonde ficava o templo bíblico.

2233 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook