Uma janela sobre o mundo bíblico

Quem fundou a instituição Igreja Católica?



  • Pergunta de Diego de Araújo Alves, Teresina PI
  • 2119
  • 13/02/2016
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Igreja católica | Ecumenismo |


Por causa do nosso público tão diverso, aqui no site, com certeza, essa é uma questão polêmica. E toda resposta pode parecer uma tomada de posição que cria divisão. Queria fugir dessa situação, pois o nosso objetivo é unir. Deveríamos focar no que nos une e não no que nos divide.

Entender a existência das igrejas exige estudar um pouco de história. É normal escutar, em muitas pregações disponíveis na rede, que foi Constantino que deu a atual forma à igreja católica. Isso está completamente errado.

Primeiro de tudo, é preciso ter claro que durante quase metade do tempo da existência dos cristãos, basicamente caminhamos todos unidos. Ninguém pode ignorar isso. É um percurso que temos em comum, uma riqueza que precisa ser reconhecida e não abominada. Um evangélico deve assumir como também sua a história da igreja. Ela não é só dos católicos ou dos ortodoxos! Fazemos parte do mesmo tronco, cujas raízes são os apóstolos e Cristo; todos os ramos têm relação com o tronco.

 

Igreja católica

É normalmente entendica como a igreja liderada pelo Papa, atualmente Papa Francisco. "Catolico" é um adjetivo que vem do grego καθολικός, katholikòs, e significa "universal". Esse sentido vem da mensagem de Cristo, que aos apóstolos deixa a missão de anunciar o Evangelho em todo o universo ("a todas as nações", em Mateus 28,19; até os "confins da terra", em Atos 1,8).

Se no início, apesar de divergências teológicas, normalmente foi possível caminhar juntos, com o segundo milênio nasceram as grandes divisões. Primeiro com o Cisma do Oriente, em 1054, que separou a Igreja de Roma das Igrejas do Oriente e no século XVI, com os conflitos com a Inglaterra e com Lutero, quando nasceram o anglicanismo e o Protestantismo.

 

Quem fundou as igrejas

Todas as igrejas se dizem fundadas por Cristo, assim como a igreja católica. Essa afirmação revela uma parcela de culpa de cada igreja, pois, na verdade, Jesus queria a unidade dos cristãos e aonde não existe unidade entre cristãos, existe ausência da atuação da vontade de Cristo. Portanto, resulta claro que igrejas desunidas não foram fundadas por cristo, mas fruto de ambições pessoais e incompreensões, que nada tem a ver com a mensagem divina.

Acredito que cada igreja traz consigo algum valor. O valor é maior lá onde há busca pela unidade. Se falta essa abertura, acredito que falta também uma identificação com a mensagem de Jesus.

Oxalá se multipliquem os encontros entre igrejas, como aquele acontecido em 12 de fevereiro em Cuba, entre o Papa Francisco e o Patriarca da Igreja Russa Ortodoxa Kirill, depois de mil anos de incompreensões.

2119 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook