Uma janela sobre o mundo bíblico

Por que há tanta confusão e ensinamentos diferenciados sobre a Bíblia?



  • Pergunta de Daniel dos Santos, Costantina, PR
  • 2225
  • 21/02/2016
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Hermenêutica Bíblia | Leitura popular da Bíblia |


A resposta com poucas palavras seria: "porque a Bíblia é um livro vivo". É claro que precisamo explicar melhor, oferecendo alguns pontos para a reflexão.

 

1. Os autores da Bíblia

Nós acreditamos que a Bíblia foi escrita por mãos humanas inspiradas por Deus, para transmitir a vontade divina, revelar o plano de Deus para a humanidade. Cada autor é fruto do seu tempo e a mensagem que transmite está enraizada naquele tempo. Há uma mensagem gerada em determinado contexto e pode ser lida dentro de tal perspectiva. Quando Jeremias diz "Deus é nossa justiça", está pensando no povo que vai para a Babilônica, exilado. Dá esperança para aquele povo, tenta levantar a moral deles e chama à fé no plano divino. Nós hoje podemos tomar essa mensagem e aplicá-la à nossa realidade: Deus é justiça também para nós!

Resulta evidente que há uma mensagem objetiva do texto e outra subjetiva, criada pelo leitor. Nesse sentido, cada leitor, de alguma maneira, é também um autor. Por isso afirmei no início que a Bíblia é um livro vivo. Deus se revela também hoje. No caso citado, a revelação não foi dada só a Jeremias, mas é dada também hoje, cada vez que leio Jeremias 23, onde se fala do rei do futuro, onde Jeremias indica que o Senhor é a nossa Justiça.

 

Possíveis confusões

A "autoridade" do leitor é uma faca de dois gumes. Intrisicamente representa um bem, um elemento positivo da revelação, que continua na nossa história. Todavia há riscos em ler de maneir não conforme aos planos divinos. Até que ponto um leitor está aberto à inspiração do Espírito Santo ou faz valer seu próprio interesse?

Quando leio a Bíblia, na minha cabeça aparecem muitas dúvidas. Remuo essas dúvidas e procuro ver até que ponto a tradição, o contexto bíblico podem me ajudar a encontrar uma clarificação. Há dúvidas que ficam no ar, sem respostas. Outras, aos poucos, se dissipam, não sei se de maneira correta ou não. O importante é estar a caminho, tentar entender, conversar, dialogar e não impor a própria ideia. A comunidade pode ser um bom filtro para a interpretação, para a manifestação do espírito.

A verdade é que não se lê mais a bíblia em comunidade. Há sempre algum sabidão que pretende que a sua seja a "verdade". É necessário ser muito crítico com essas pessoas.

Outra atitude importante é ser leitor e estar na escuta de maneira crítica. Não engula as reflexões de pastores e pessoas mediáticas como os reveladores por excelência. Seja capaz de confrontar as ideias dessas pessoas com outras opiniões.

2225 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook