Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual a diferença ou qual a relação entre ENERGIA E FORÇA, na Doutrina Católica, ou onde eu encontro no Catecismo da Igreja Católica, que descreve sobre este assunto?



  • Pergunta de Gean Correia, Chapeco
  • 1562
  • 21/03/2016
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Espírito Santo |


O nosso visitante faz um ulterior comentário:

Um pregador no Grupo de Oração, pode falar que "há uma ENERGIA muito forte neste lugar," se referindo ao Espirito Santo Desculpe minha ignorância, ha uma relação dessa energia citada pelo pregador com algo da Religião Espirita? Peço sua ajuda para que eu possa ter discernimento nesta duvida.

O Catecismo da Igreja Católica fala do Espírito Santo a partir do número 733. Começa recordando a passagem bíblica de Atos dos Apóstolos que conta a vinda do Espírito Santo sobre os apóstolos, principalmente Atos 1,8: "Recebereis uma força, a do Espírito Santo que descerá sobre vós..." O catecismo sublinha que é "graças a esta força do Espírito que os filhos de Deus podem dar fruto".

Um dos símbolos do Espírito Santo, além da pomba, é o fogo. Nesse sentido poderíamos falar de energia, isto é, "o fogo simboliza a energia transformadora dos actos do Espírito Santo" (Catecismo 696).

A palavra grega para "força", usada em Atos 1,8 é dunamis (δύναμις). Embora não se usa "energia",  fica evidente que essa força intrinsicamente tem dentro de si uma energia. Obviamente existe também o fato que muitas correntes espirituais usam o termo "energia" e é uma palavra que entrou dentro do campo semântico espiritual.

Do meu ponto de vista, se o termo ajuda a entender a ação do Espírito Santo, é possível usá-lo, embora seja necessário distinguir a fé no Espírito Santo de outras crenças supersticiosas, que nada tem a ver com o cristianismo.

1562 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook