Uma janela sobre o mundo bíblico

Eu queria saber qual o significado da túnica?



  • Pergunta de Marco Antônio Barreto de Freitas, Rio de Janeiro - RJ
  • 21468
  • 28/03/2016
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Túnica |


Olá Marco Antônio Barreto de Freitas do Rio de Janeiro!

O vocábulo túnica designa uma veste comprida até os pés, geralmente de cor branca e com mangas. Este vocábulo é largamente utilizado na Bíblia desde o livro do Gênesis até hoje. Portanto na Bíblia buscamos a compreensão e o significado. No livro do Genesis encontramos a descrição da belíssima túnica de José, toda ornamentada e com sete cores. Vejamos Gênesis 37,3-4:

“Israel amava mais José do que a todos os seus outros filhos, porque ele era o filho de sua velhice, e mandou fazer-lhe uma túnica adornada. Seus irmãos vieram que seu pai o amava mais do que a todos os seus outros filhos e odiaram-no...” (Gênesis 37,3-4) Bíblia de Jerusalém.

No momento da morte de Jesus os soldados sortearam a túnica pois era feita de um só fio, e sem costura, conforme João 19,23.

Muitos outros textos bíblicos poderíamos ilustrar a resposta para ampliar a compreensão, mas estes já nos mostram a importância da túnica como vestimenta no oriente.

A túnica como vestimenta usada pelos sacerdotes a serviço do templo.

A túnica passou a ser usada no serviço do templo era feita e costurada em tecido fino de cor branca, na forma de uma longa camisola tendo mangas estreitas e cordões que são amarrados nos pulsos, para não atrapalharem.

O significado que adquiriu a cor branca das túnicas usada no serviço sagrado.

A cor branca da túnica faz lembrar ao sacerdote que ele deve sempre ter a alma reta e voltada para Deus levando uma vida sem vícios.

A túnica também chamava-se Alva, feita de linho branco ou tecido leve de cor branca, como anteparo da casula, com cores diversas lembrando os tempos litúrgicos da igreja.

O nome Alva adquire novamente o nome de túnica, desde a reforma litúrgica da Igreja que simplificou o uso e a quantidade das vestes sagradas. Hoje o sacerdotes usam para os ofício religiosos apenas uma túnica, geralmente branca ou de cor cinza tendendo para o branco e uma estola que indica o tempo litúrgico.

Também a túnica usada no serviço sagrado simboliza a túnica que usava na terra o próprio Nosso Senhor Jesus Cristo

A túnica como vestimenta no Oriente.

A túnica é uma vestimenta muito usada no Oriente. Feita de tecido fino e leve, e sendo espaçosa internamente, é usada como vestimenta, para enfrentar o calor escaldante do clima de deserto que estas populações vivem.

Assim encontramos no Egito, nos países árabes, e nas nações que vão até a India.

A túnica vestida pelos homens tem cor clara e é muito larga, a fim de refletir melhor os raios solares e permitir que o ar circule por baixo da roupa com mais facilidade.

Fato este que não eram observados pelas mulheres beduínas do deserto, que utilizavam túnicas compridas geralmente de cor preta. Diz a cultura beduína, que a roupa grosa que cobre o corpo das mulheres produz suor e que este é evaporada dando sensação de frescor e alívio do calor. (Nota ainda hoje encontramos na porta de Damasco na entrada da cidade de Jerusalém antiga as mulheres beduínas vendendo derivados do leite, queijos e hortaliças, vestidas de túnicas pesadas, de cores escuras que causa arrepios aos que passam por elas imaginando com devem sofrer com o calor. Mas não é problemas para elas que nasceram e se criaram dentro deste sistema.)

Assim como muitos outros trajes típicos dos muçulmanos, a túnica tem sua origem nas tribos de beduínos que habitavam o Oriente Médio no século VI.

 

O uso militar da túnica.

 

Na Guerra da Crimeia, o exército britânico em 1850, constatou que as jaquetas curtas usadas pelos seus soldados desde as guerras napoleônicas, não serviam ao clima frio da região. Adotou-se então uma nova peça comprida até os joelhos e designaram de túnica, em uma referência às túnicas do antigo exército romano. 

21468 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook