Uma janela sobre o mundo bíblico

Por que encontrei a palavra Igreja só no Novo Testamento? Não usavam falar dela antes de Jesus?



  • Pergunta de David neves, Caxias do Sul
  • 3300
  • 29/03/2016
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Igreja |


No Novo Testamento a palavra grega "ekklesia", que se traduz "igreja", aparece 114 vezes. Entre elas, 62 vezes aparece nas cartas de Paulo. Para Paulo, em síntese, a igreja significa o conjunto dos justificados, aqueles que estão no caminho. Em poucas palavras, para ele igreja é o contexto no qual se encontra quem é batizado. É sempre um ambiente estruturado, embora em Paulo seja ainda cedo falar propriamente em jeraquia.

No Antigo Testamento, que foi escrito em hebraico, não se fala em "ekklesia". Todavia, também os hebreus formavam e se sentiam uma comunidade, embora com características diferentes da comunidade cristã.

Em hebraico, o termo que traduz a comunidade dos fiéis é "qahal" (as vezes também "eda"). De fato, a primeira tradução da Bíblia, que foi feita para o grego (LXX - Setenta), qahal é traduzida com o termo "ekklesia".

Qahal, que nas nossas bíblia normalmente é traduzido com o termo "assembleia", e é sinônimo de Povo de Deus, que crê em Yahweh e segue a sua estrada. O termo "qahal", tecnicamente falando, significa o povo reunido, seja em uma assembleia com caráter de culto ou com carácter jurídico. E isso acontece a partir de Deuteronômio 4. De fato, é a primeira vez que a LXX usa a expressão "ekklesia", embora o hebraico sublinha apenas que esse dia em que o povo se encontra diante ao seu Deus no monte Horeb é o "dia da assembleia".

Portanto, o Antigo Testamento também fala de "povo de Deus" reunido. Todavia, é só no Novo Testamento que encontramos a asembleia reunida em nome de Cristo, como corpo.

3300 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook