Uma janela sobre o mundo bíblico

Por que Deus no Novo Testamento é um deus de amor e no Antigo Testamento é um deus de ira?



  • Pergunta de Claudio Santos, Fortaleza
  • 4227
  • 08/05/2016
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Antigo Testamento | Deus | Revelação


A sua visão é uma impressão percebida por muitos cristãos, mas completamente errada. De fato, o Deus do Antigo e do Novo Testamento é o mesmo Deus, com as mesmas características, pois Ele é eterno e imutável.

A sua colocação nasce a partir de uma leitura bíblica orientada de maneira um pouco superficial. Alguém que quer ler de forma correta a Bíblia deve considerar, primeiro de tudo, que ela é Palavra de Deus que se revela, aos poucos, aos seres humanos. Deus não se impõe, mas se revela. O processo de revelação é lento e a dinâmica divina lembra a de um pedagogo, a um pai e mãe que ensinam uma criança, enquanto ela cresce. A criança aprende aos poucos; assim também a humanidade aprendeu, aos poucos, a verdade sobre Deus. Nós somos previlegiados, pois Deus se revelou plenamente em Cristo. Mesmo assim como ensina Paulo a respeito de Deus, vemos como em um espelho e chegará o tempo em que o veremos face a face, como Ele é.

O que ensina o Antigo Testamento é fundamental para entender Deus. O que lá é dito ajudou o povo de Israel a conhecê-lo e ajuda também a nós. É uma mensagem de esperança, que serviu aos hebreus e serve ainda hoje a nós.

A visão de Deus que encontramos no Antigo Testamento é uma leitura, guiada pela fé, feita por pessoas que viveram em determinado período, limitada pelo contexto em que viviam. Se havia guerra, Deus era também alguém que combatia... Mas em cada texto que revela Deus, embora limitado pela interpretação humana, encontramos uma verdade que se "abre" (re-vela - tirar o véu), até que fica completamente claro em Cristo.

4227 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook