Uma janela sobre o mundo bíblico

Por que a Bíblia não fala sobre os gatos?



  • Pergunta de Raquel G. Fernandes, Rio de Janeiro - RJ
  • 3751
  • 24/05/2016
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Animais |


Olá Raquel G. Fernandesdo do Rio de Janeiro - RJ!

A resposta vem da tradução da Bíblia que usas. Se for o caso da Bíblia Almeida, não encontrará a palavra gato, o tradutor, Almeida foi mais fiel ao texto hebraico e traduziu como se entende em hebraico “as feras do deserto”, que no fundo quer dizer animais selvagens. Vejamos a referência de Isaías 34,14:

As feras do deserto se encontrarão com as hienas, e os sátiros clamarão uns para os outros; fantasmas ali pousarão e acharão para si lugar de repouso.” (Isaías 34,14) Bíblia Almeida.

A tradução que encontramos na Bíblia de Jerusalém, não foi fiel ao texto hebraico e traduziu animais selvagens conforme o texto hebraico por os gatos, vejamos:

“14Os gatos selvagens conviverão com as hienas, os sátiros chamarão os seus companheiros. Ali descansara a Lilit, e achará um pouso para si.” (Isaías 34,14) Bíblia de Jerusalém

Na Bíblia de Jerusalém encontramos novamente a palavra gato no livro de Baruc (é considerado um apócrifo para os protestantes) em Baruc 6,21:

“21Sobre seus corpos e suas cabeças esvoaçavam morcegos, andorinhas e outros voadores, como também gatos.” (Baruc 6,21) Bíblia de Jerusalém.

Concluindo:

Poderá esclarecer sua pergunta, a questão exposta acima, que é o tipo de tradução utilizada. Nas Bíblias como “Almeida” não encontramos a palavra gato pois foram fiel ao texto hebraico que fala em animais selvagens.

3751 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook