Uma janela sobre o mundo bíblico

Gostaria de saber se é certo orar ao Espírito Santo com bases bíblicas.



  • Pergunta de Gerison Marcel Rodrigues, Londrina
  • 1745
  • 07/06/2016
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Espírito Santo | Oração |


Há dois temas importantes na sua pergunta: o Espírito Santo e a Oração.

O Espírito Santo é uma das pessoas da Santíssima Trinidade. A união dessas três "pessoas", que são formadas da mesma natureza divina, como diz a teologia, é um mistério para nós.

Conta-se uma história relativa a Santo Agostinho, um dos grandes teólogos cristãos, que ele, enquanto meditava sobre a Trinidade, estava passeando em uma praia e viu uma criança que havia feito um buraco na areia e com um balde pegava água do mar e enchia o buraco. Santo Agostinho lhe perguntou:
- "O que está fazendo?"
- "Estou colocando a água do mar nesse buraco", disse a criança
Santo Agostinho, rindo, disse:
- "É impossível colocar toda a água do mar nesse buraco"
A criança lhe respondeu:
- "É mais fácil colocar toda a água do mar aqui do que você entender o Mistério da Santíssima Trinidade".

Essa história serve para mostrar quão difícil é entender esse mistério. Junta-se a isso o fato que o mundo moderno não consegue mais se deixar envolver pelo mistério, pois tudo precisa ser explicado, dominado. Não somos mais acostumados a nos impressionar, a nos deixar transportar pelo inacessível; tudo precisa estar dentro do nosso controle.

Sobre a Trinidade, sabemos que o Pai, o Filho e o Espírito Santo são três pessoas, formados pela mesma natureza. São a expressão mais radical da unidade. Não são três deuses, mas um único Deus em três pessoas.

 

O outro aspecto dessa sua pergunta é a oração.

Já daquilo que disse acima, fica claro que a oração ao Espírito Santo é válida da mesma forma que é correto rezar para Deus Pai e Jesus. Tudo o que fazemos é "no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo"!

Temos que orar para que chegue até nós o Espírito Consalador, como prometido por Jesus aos apóstolos (João 14,16). Pois o "espírito socorre a nossa fraqueza. Pois não sabemos o que pedir como convém; mas o Espírito intercede por nós com gemidos inefáveis, e aquele que perscruta os corações sabe qual o desjeo do Espírito; pois é segundo Deus que ele intercede pleos santos" (Romanos8,26-27).

Junto com isso, deveríamos aprofeitar para refletir qual é o nosso conceito de "orar". Muitos retêm que a oração seja uma moeda de troca: eu rezo a Deus (pai, filho e espírito santo) para conseguir alguma coisa. Obviamente essa concepção não está correta. A oração é uma expressão de unidade, de sintonia. A nossa oração tem o único objetivo de nos aproximar de Deus, de entrar na esfera divina. Essa esfera divina nos dá força, é claro, para lidar com nossos problemas quotidianos.

1745 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook