Uma janela sobre o mundo bíblico

É verdade que Paulo demorou 25 anos para cumprir seu desejo de ir a Roma?



  • Pergunta de Antonio Marcos, Manhuaçu
  • 1532
  • 22/06/2016
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Paulo |


A cronólogia dos eventos da vida de Paulo não são 100% certos, mas bastante bem documentados.

Paulo, embora se diga "apóstolo", não conheceu Jesus. Logo depois da ressurreição, perseguia os cristãos; esteve, por exemplo, presente no martírio de Estêvão, como contado em Atos dos Apóstolos 7,58. Mandado a perseguir os cristãos na Síria, se converte e se torna o grande evangelizador dos gentios, dos não judeus, espalhando o evangelho em todas as regiões próximas da Terra Santa, concluindo o seu apostolado em Roma, por volta do ano 64.

Temos duas fontes biográficas sobre Paulo. A primeira é Lucas, que escreveu o Atos dos Apóstolos. No Evangelho, Lucas mostra como a mensagem de Cristo chega a Jerusalém. O objetivo de Atos, invés, é mostrar como essa mensagem alcança o centro do mundo de então, Roma. O ideal é alcançado graças ao trabalho missionário de Paulo.

A outra fonte sobre os atos de Paulo são suas próprias cartas, pois em vários lugares encontramos informações que ele mesmo dá sobre sua vida. Por exemplo, no primeiro capítulo da carta aos Gálatas, ele conta como perseguia os Cristãos, antes da conversão, assim como em Éfesios 3,2-7

 

Síntese cronológica

Em breve, poderíamos fazer a seguinte síntese das datas relativas à vida de Paulo

  • Ano 8 depois de Cristo: nascimento, em Tarso
  • 34: conversão
  • 39: escapa de Damasco
  • 40 - 44: em Cilícia
  • 44 - 45: em Antioquia, onde os seguidores de Cristo chamado chamados pela primeira vez de cristãos
  • 46 - 49: primeira viagem missionária
  • 49: Concílio de Jerusalém (Atos 13)
  • 50 - 52: segunda viagem missionária
  • 53 - 58: terceira viagem
  • 58: é preso em Jerusalém
  • 58 - 60: prisão em Cesareia Marítima
  • 60 - 61: viagem, como prisioneiro, para Roma
  • 64 / 65: decapitado, em Roma

 

Desejo de Paulo de ir até Roma

Como podemos ver da síntese acima, da sua conversão até a chegada em Roma se passaram cerca de 25 anos.

Não sabemos bem quando nasceu nele essa vontade. As cartas que temos foram escritas principalmente nos últimos 10 anos da sua vida. A carta mais antiga - e também o escrito mais antigo do Novo Testamento - é a 1Tessalonicenses, escrita por volta do ano 50.

Na Carta aos Romanos, escrita por volta do ano 57, ele sublinha como gostaria de anunciar o Evangelho aos romanos, na capital do Império:

Pois eu me sinto devedor a gregos e a bárbaros, a sábios e a ignorantes. Daí meu propósito de levar o evangelho também a vós que estais em Roma (Romanos 1,14-15).

1532 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook