Uma janela sobre o mundo bíblico

O museu de Israel apresenta um fragmento de um rolo do século VII



Leia mais sobre Manuscritos bíblicos |


O museu de Israel, em Jerusalém, anunciou a apresentação de um fragmento de um rolo hebraico extramamente raro e nunca exibido antes. Este fragmento data do Século VII ou VIII e provavelmente provém da Geniza do Cairo, que era um grande depósito de manuscritos medievais judeus, descobertos na sinagoga Ben Ezra, no século XIV.
O manuscrito contém um pedaço do livro do Êxodo (13,19-16,1), que inclui a “Canção do Mar”, tida como uma das mais bonitas entre as poesias bíblicas. Esse texto celebra a passagem de Israel pelo Mar Vermelho, louvando a Deus por ter derrotado os inimigos, e sonha a chegada na Terra Prometida.

O texto será exibido na sessão do museu chamada “Santuário do Livro”, onde estão também expostos textos de Qumrãn. Foi emprestado ao museu de Israel pela Duke University, Durham, de North Carolina, Estados Unidos, em agradecimento ao Dr. Fuad Ashkar e à Senhora Terry Ashkar de Miami, Florida, USA e ao professor James H. Charlesworth do Seminário Teológico de Princenton, New Jersey, USA.

O manuscrito apresenta letras parecidas com aquelas dos rótulos de Qumrãn e outras letras lembram manuscritos do século VI. O texto do manuscrito é muito parecido com aquele presente no Códice de Leningrado, por exemplo. Isso faz concluir que existe uma grande fidelidade à versão realizada pelos massoretas, pessoas que se dedicaram a fixar o texto hebraico da Bíblia.

1789 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook