Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual a relação das 12 tribos de Israel com os 4 evangelhos Mateus, Marcos, Lucas e João?



  • Pergunta de Monique , São Gonçalo
  • 2240
  • 24/09/2016
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Evangelistas | Tribos de Israel | Números


Sinceramente parece não ter nenhuma ligação. Na verdade, é comum ligar os apóstolos com as tribos, pois ambos somam 12 membros! Todavia apenas dois dos evangelistas foram apóstolos de Jesus (Mateus e João).

 

Simbologia dos números na Bíblia

Os números na Bíblia têm um marcado sentido simbólico. O 12 e seus múltiplos são muito frequentes. O número dos apóstolos é a base de tudo, tanto que logo após a morte de Judas, os discípulos escolheram Matias para que o número voltasse a ser 12. No Apocalipse, esse número também é muito comum: a multidão dos marcados é de 144 mil (12x12x1000); os anciãos são 24 (2 x 12); a mulher vestida de sol tem uma coroa de 12 estrelas.

A importância desse número vem já do Antigo Testamento, que se demonstra o número das tribos. É provável que esse valor simbólico tenha origem mesmo fora de Israel, principalmente na Babilônia, onde ele representa o universo na sua complexidade: o 12 caracteriza o ano completo, sintetizado pelos 12 signos do zodíaco.

Na Bíblia significa sobretudo um número ligado com a eleição do povo por parte de Deus. Os 12 filhos de Jacó dão origem às 12 tribos (Gênesis 35 e também capítulo 49, a bênção do patriarca aos filhos). Além disso, em Números 7 lemos que as ofertas para a dedicação do altar, depois do dia da sua unção, foram apresentadas nos 12 dias seguintes, uma oferta por cada tribo de Israel. Além disso, quando em Crônicas 24 se fala das classes sacerdotais, são elencados 24 sacerdotes que prestam serviço.

Por fim, o 12 tem um aspecto escatológico. De fato, Ezequiel imagina a Nova Jerusalém como uma cidade com 12 portas (capítulo 48): o mesmo número das tribos, que quando o profeta escreve já não estão mais unidas, por causa do Exílio. Cada porta terá o nome de uma das tribos. Essa cidade terá como nome "Lá está o Senhor", isto é, entrando pelas 12 portas, dentro dessa Nova Jerusalém os filhos de Israel encontrarão o Senhor.

 

4 evangelistas

O número 4 pode estar relacionado com o universo na sua complexidade, em base aos "4 cantos da terra", "4 ventos", aos 4 pontos cardeais (veja Isaías 11,12; Apocalipse 7,1; 21,16). Já Exequiel 1 fala dos "quatro seres viventes", que serão retomados no Apocalipse 4.

Se quisêssemos hipotizar uma eventual ligação dos números, poderíamos multiplicar 4 x 3, cujo resultado seria 12. O número "três", como sabemos está relacionado com Deus, que é três vezes santo (Isaías 6,11), que aparece a Abraão sob forma de três personagens (Gênesis 18), etc. É também ligado ao aspecto trinitário da natureza divina.

Essa simbologia pode enriquecer o significado do quatro evangelhos, mas, em si, não é a base do número dos evangelistas, que tem muito mais a ver com questões históricas relacionadas com o estabelecimento do cânon, da lista dos livros considerados inspirados.

2240 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook