Uma janela sobre o mundo bíblico

Quem eram os 24 anciões, os 4 seres vivente e os cavaleiros do Apocalipse.



  • Pergunta de Tyelli Karla Bretas, Linhares - ES
  • 3163
  • 05/10/2016
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Apocalipse |


Olá Tyelli Karla Bretas de Linhares - ES!

Muito bom que estejas fazendo um estudo do apocalipse. De fato neste livro encontramos muitos símbolos que nos desafiam na interpretação.

Para início de estudo leia com atenção o capítulo 4 do Apocalipse, que ajudar-te-á muito na compreensão.

 

Os 24 anciões do Apocalipse 4,4!

Para os 24 anciões (Apocalipse 4,4) eles simbolizam adotando uma interpretação ampla a humanidade que esta libertada. A parte do mundo que não se sujeitou as normas do culto imperial do Império Romano, são os homens e mulheres que já fizeram uma opção a favor de Deus.

Um segundo sentido, mais preciso, diz que estes 24 anciões representam o povo de Deus, o povo que estava enfrentando o martírio por sua fé em Jesus Cristo.

Mas também podemos afirmar que estes 24 anciões representam o povo na sua organização: o povo que pertenceu as 12 tribos de Israel, o povo de Deus, e o povo que começa a se organizar a partir dos 12 apóstolos.

 

Os quatro seres viventes

Para o número 4 já conhecemos muitos símbolos. Falamos em 4 pontos cardeais, ou os extremos da terra. O nome de Deus tem 4 letras (YHWH), os quatro evangelistas, no jardim do Éden havia quatro rios, os quatro chifres do altar dos sacrifícios no Templo, etc...E para seres viventes teriam a interpretação como sendo o Cosmos o universo todo. O mundo é constituído de forças positivas tais como: sabedoria, majestade, poder e poder. Simbolizados nos animais: leão, novilho, águia e rosto humano. Também encontramos estes mesmos animais para especificar os evangelistas. Mateus = rosto humano, Marcos + Leão, João = águia e Lucas = novilho.

Portanto a história do apocalipse vem configurada não somente pelos 24 anciões, mas também pelo universo todo (os quatro seres viventes).

 

Os cavaleiros do apocalipse em Ap 6

Primeiro cavaleiro em um cavalo branco: Lembra a invasão dos partos, cuja arma característica de combate era o arco.

Segundo cavaleiro em um cavalo vermelho: Simboliza o vermelho sangue produzido pelas guerras e pelo primeiro cavaleiro.

Terceiro cavaleiro em um cavalo negro: simboliza as consequências das guerras: fome, desespero doença, alimentos racionados e preços exorbitantes.

Quarto cavaleiro em um cavalo verde A multidão dos mortos oriundo dos combates e das guerras. A dureza do sol, apodrecia rapidamente os cadáveres, dando um aspecto esverdeado.

 

Consulta:

  • RICHARD, PABLO, Apocalipse, reconstrução da Esperança, Vozes Petrópolis, 1996.
  • MESTERS, Carlos,Esperança de um povo que luta o apocalipse de São João uma chave de leitura, Paulinas, São Paulo, 1982, pag. 48
  • CASONATTO, ODALBERTO, Material do Curso Apocalipse de João, durante o ano de 2015 (8 encontros), para lideranças paroquiais, Paroquia São Francisco, Porto Alegre, RS.

3163 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook