Uma janela sobre o mundo bíblico

Qual era a economia e o rei que governava na época de Jeremias 2?



  • Pergunta de Brendon , Belford roxo
  • 664
  • 19/11/2016
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Jeremias | Josias |


Costuma-se colocar a vocação de Jeremias, como contada em 25,3, no ano 627 antes de Cristo. Nesse período a Samaria já foi ocupada pelos Assírios e, em Jerusalém governa o Rei Josias, de quem a Bíblia fala muito bem. Ele começou o seu governo no ano 640 e governou por 31 anos, até 609 antes de Cristo. Foi o responsável pela Reforma religiosa e provavelmente durante o seu reinado começam a ser escrito os primeiros livros da história de Israel. Jeremias viveu esse período próspero, cheio de esperança, mas, depois da morte de Josias, as coisas mudaram e experimentou a ruína de Jerusalém, com o avançar do império caldeu e a tomada de Jerusalém por Nabucodonossor.

 

Contexto dos capítulos 2 a 6

Esses capítulos de Jeremias precisam ser lidos como um conjunto e representam a primeira atividade do profeta. Teríamos que colocá-los antes da reforma de Josias, que aconteceu no ano 621. Portanto são oráculos proferidos entre os anos 627 e 621. Repetindo, Josias era o rei da Judeia e governava desde Jerusalém.

A Bíblia fala bastante do reinado de Josias (2Reis 22-23; 35; 2Crônicas 34-35). Parece que a situação da Judeia era bastante boa. Josias tenta inclusive de alargar o próprio reino em direção das áreas do Reino do Norte, da Samaria, visto o declínio dos Assírios, que perdiam força. Embora não se fale tanto da situação econômica, a suposição é que não era um tempo particularmente duro, de crise.

É claro que Josias não foi muito esperto politicamente, pois morreu tentando se impor contra os egípcios, contra Necao. Ele pensava de aproveitar da fraqueza do império assírio, mas sua tática não funcionou.

O seu governo também previa a centralização de tudo em Jerusalém. E para isso usou o poder da religião.

 

A reforma de Josias

Como dissemos acima, Josias é considerado um rei bom ("fez o que é agradável aos olhos de Deus"). Essa visão se deve especialmente à Reforma Religiosa que ele protagonizou, a partir de 621 antes de Cristo. Tudo é contado em 2Crônicas 34. De maneira muito resumida e quase polêmica, poderíamos dizer que foi o responsável pela implementação do monoteísmo em Israel, em um período em que se praticava o culto a diferentes deuses no território da Palestina, embora prevalecesse aquele a Iahweh, principalmente em Jerusalém.

Começou a governar quando tinha 8 anos. 18 anos mais tarde começou a reforma do Templo de Salomão. Nessa reforma foi encontrado o "Livro da Lei", pelo sacerdote Helcias. Quando Josias ouviu o que estava escrito nesse livro, a Lei de Iahweh transmitida por Moisés, ficou consciente que a vontade divina não era mais seguida em Israel. Por isso fez um pacto com a população para que todos vivessem de acordo com a aliança de Deus.

Parece que até aquele momento, vários lugares de culto coexistiam ao lado do templo de Jerusalém. Josias, invés, quis e conseguiu centralizar tudo no Templo de Salomão, em Jerusalém, destruindo todas as outras expressões de culto espalhadas pelo território.

664 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook