Uma janela sobre o mundo bíblico

O que a Bíblia ensina sobre a morte? Eu estou com muito medo dela.



  • Pergunta de Alan Robert Guiraldino, Matão-SP
  • 1457
  • 14/12/2016
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Vida depois da morte | Morte |


São muito tocantes as palavras do rei Davi, diante da morte do seu filho, como lemos em 2Samuel 12,23:

Agora que o menino está morto, por que jejuarei? Poderei fazê-lo voltar? Eu, sim, irei aonde ele está, mas ele não voltará para mim.

Esse versículo mostra como é grande o drama da morte. Ela mostra o quanto somos pequenos, como diz o salmista:

Mostra-me, Senhor, o meu fim e qula é a medida dos meus dias, para eu saber quão frágil sou (Salmos 39,4)

Visto que a Bíblia fala da nossa vida, é óbvio que muito se fala da morte. É o nosso fim! Mas aqui entra a fé. Uma pessoa que não crê vê esse fim como ponto de chegada. O cristão, invés, vê na morte um novo começo, um fim como meta. De fato, lendo os textos do Novo Testamento fica evidente como Jesus veio mostrar que não nos reduzimos à pequenez, mas somos grandes, porque seus filhos. Leia, por exemplo:

João 14,1-4: «Não fique perturbado o coração de vocês. Acreditem em Deus e acreditem também em mim. 2 Existem muitas moradas na casa de meu Pai. Se não fosse assim, eu lhes teria dito, porque vou preparar um lugar para vocês. 3 E quando eu for e lhes tiver preparado um lugar, voltarei e levarei vocês comigo, para que onde eu estiver, estejam vocês também. 4 E para onde eu vou, vocês já conhecem o caminho.» 

Do mesmo modo, é muito interessante a conversa de Jesus com a irmã de Lázaro, Marta, como conta João 11:

Jesus disse: «Seu irmão vai ressuscitar.» Marta disse: «Eu sei que ele vai ressuscitar na ressurreição, no último dia.» Jesus disse: «Eu sou a ressurreição e a vida. Quem acredita em mim, mesmo que morra, viverá. E todo aquele que vive e acredita em mim, não morrerá para sempre. Você acredita nisso?» Ela respondeu: «Sim, Senhor. Eu acredito que tu és o Messias, o Filho de Deus que devia vir a este mundo.»

E finalmente cito Paulo aos Filipenses (3,20-21)

A nossa cidadania, porém, está lá no céu, de onde esperamos ansiosamente o Senhor Jesus Cristo como Salvador. 21 Ele vai transformar nosso corpo miserável, tornando-o semelhante ao seu corpo glorioso, graças ao poder que ele possui de submeter a si todas as coisas.

O medo da morte é muito humano e não precisamos nos espantar com isso, pois somos feitos para a eternidade. A esperança em Cristo, no dom da vida eterna, é o único antídoto à nossa preocupação.

1457 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook