Uma janela sobre o mundo bíblico

Perdi minha esposa. Eu digo que ela é uma intercessora. Os protestante me repudiam...



  • Pergunta de Sergio Luzia Cristo, Contagem
  • 1402
  • 08/01/2017
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Vida depois da morte |


Não creio sejam todos os protestantes a lhe repudiar. Com certezas são pessoas mais fanáticas, pois Deus passou pelo mundo abraçando a todos, inclusive pecadores. E você, por causa de sua convicção em relação à sintonia com sua esposa falecida, não é pecador.

Na nossa profissão de fé, que se encontra no "símbolo dos apóstolos", dizemos que acreditamos na comunhão dos santos. Poucas vezes refletimos profundamente sobre isso. Normalmente pensamos "comunhão dos santos" como a comunidade dos cristãos que se encontram, que se reúne para louvar a Deus. Esse, sem dúvida, é um dos aspectos da comunhão dos santos. Todavia os santos são também as pessoas que passaram na nossa vida e nunca se interrompe a união dos que ainda caminham aqui na terra com os que morreram na paz de Cristo.

Embora não conhecemos a vida depois da morte, acredito que os que morreram, estando mais intimamente unidos com Cristo, "não cessam de interceder a nosso favor, diante do Pai, apresentando os méritos que na terra alcançaram, graças ao Mediador único entre Deus e os homens, Jesus Cristo [...]. A nossa fraqueza é assim grandemente ajudada pela sua solicitude fraterna" (Lumen Gentium, 49).

1402 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook