Uma janela sobre o mundo bíblico

A família da parábola do Filho Pródigo era judia?



  • Pergunta de Rufina, Nampula
  • 1923
  • 18/02/2017
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Parábolas |


Com certeza, Jesus usa uma imagem de uma família de judeus, pois ele também era judeu. Há dois ensinamentos que precisamos tirar dessa sua pergunta.

Primeiro de tudo, é importante ter presente que a Bíblia foi escrita há 2 mil anos e a sua leitura deve lembrar que Deus inspirou a Bíblia, mas usou mãos humanas, que eram influenciadas pelo contexto em que viviam. Hoje sabemos tudo sobre todas as culturas, todas as raças. No tempo de Cristo a influência cultural era muito limitada. Os escritores bíblicos conheciam muito bem a própria cultura e aquela do Império Romano. Lucas era um judeu, como Jesus. E tudo o que escreve supõe esse ambiente religioso. Os cristãos das origens eram judeus, alguns convertidos do paganismo, e só mais tarde começaram a entrar pagãos que não tinham passado pelo judaísmo.

Outro ensinamento importante quando lemos a Bíblia é entender o estilo literário. Quando Jesus conta uma parábola não tem importância a história em si, que provavelmente é inventada, mas o ensinamento que ele quer transmitir. É a lógica da paráboa: tem um ensinamento que supera o aspecto literal da história contada. Não é necessário prestar atenção nos detalhes, mas veja o miolo, o cerne, que na parábola do Filho Pródigo é a misericórdia de Deus.

1923 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook