Uma janela sobre o mundo bíblico

Por que quanto dito em Atos 16,16-26 não foi escrito por Paulo, visto que ele foi protagonista do ocorrido?



  • Pergunta de Ilanete , Osasco SP
  • 1359
  • 20/02/2017
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Paulo | Atos dos Apóstolos |


A história contada em Atos dos Apóstolos 16,16-24 é muito gostosa de ler. Uma história inclusive pouco conhecida, pois os Atos, às vezes, é um pouco deixado de lado, principalmente por ambientes protestantes, pois nele pode ser lido um tipo de primeiro catolicismo que pode afastar.

Trata-se de um milagre feito por Paulo em Felipos, uma cidade muito importante na sua ação missionária. Ele, nesse lugar, libera uma jovem, de quem não sabemos o nome, que era escrava de alguns que a exploravam. Visto que depois do milagre de Paulo, que expulsa dela um espírito, a jovem não dava mais lucro para seus patrões, esses acusaram Paulo de provocar desordem. Foi colocado em prisão e de lá saiu milagrosamente.

A prisão de Paulo em Felipos é conhecida e também mencionada pelo próprio apóstolo em suas cartas. Mas especificamente esse fato não consta em suas cartas. Porém, não é o único que ele não conta. Vários episódios da vida de Paulo aparecem apenas em Atos, que foi escrito por Lucas, um seu companheiro de missão. De fato, exatamente nesse episódio, no versículo 16, podemos ler:

Estávamos indo para a oração, quando veio ao nosso encontro uma jovem escrava...

Nota-se que o narrador usa a primeira pessoa do plural. Isso significa que Lucas estava junto com Paulo quando esse evento aconteceu e foi testemunha ocular.

 

Atos dos Apóstolos

Esse livro conta a história da expansão do Evangelho durante o período que vai da ascensão de Cristo até a chegada de Paulo, prisioneiro, em Roma. Trata de um período de tempo de cerca de 30 anos, do ano 33 até o ano 63 depois de Cristo, aproximadamente. É uma visão da história do ponto de vista religioso e tem como objetivo mostrar como se concretiza o pedido de Cristo, apresentado no momento da ascensão, em Atos 1,8, de levar o Evangelho até os confins da terra. No meio de várias tensões dentro da comunidade e pontos de força, esse preceito se concretiza principalmente através de Paulo, que chega a Roma, onde, embora não conte Lucas em Atos, ele será martirizado.

 

Por que Paulo não fala do fato de Felipos?

Paulo não conta sua biografia. Ele escreve cartas para as comunidades por onde passa, procurando responder a situações concretas de dificuldades ou com o objetivo de animar a vida cristã naquela respectiva comunidade. É verdade que essas cartas podem também ser fonte para a biografia paulina, mas não se trata de textos meramente biográficos. Encontramos, em algumas passagens, menções de aspectos de sua vida, mas são ocasionais. Muitos outros eventos contados em Atos não encontram confirmação nos textos paulinos, que foram escritos ao menos 30 anos antes do livro de Atos dos Apóstolos. Quando Lucas escreveru, fazia ao menos 20 anos que Paulo tinha morrido.

1359 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook