Uma janela sobre o mundo bíblico

Por que as Igrejas exigem casamento civil se ele e automático?



  • Pergunta de Ângelo de Oliveira Ferreira, Ariquemes - RO
  • 1509
  • 24/02/2017
Odalberto Domingos Casonatto

Leia mais sobre Casamento |


A pergunta completa:

Em Gn 2,24 diz a palavra de Deus: “deixará o homem seu pai e sua mãe e se unirà à uma mulher e serão uma só carne”. E Mt 19,5 e Mc 10,7-8. Na lei do homem, diz o código civil que a partir de uma convivência, após 3 meses, a mulher tem os mesmos direitos que uma casada. 

Olá Ângelo de Oliveira Ferreira de Ariquemes - RO!

Sua pergunta é muito importante, procura buscar uma resposta na questão do casamento civil que muitas Igrejas exigem, para que o casal de noivos possa receber o casamento religioso.

Esta resposta está para (caso Igreja católica) no Código de Direito Canônico, que procura orientar a pastoral matrimonial. Neste portal a questão é tangencial. Coloco algumas indicações. Porque existe está exigência? Em si a questão do casamento civil não teria peso nenhum. Basta dizer que até a proclamação da República no Brasil 1889, era feito somente o casamento religioso, bem como era somente feito o batizado e valia como registro Civil de nascimento ou casamento. Nestes tempos de Brasil Colônia e Império, existia a lei do Padroado entre Brasil e Portugal. O sacerdote era um funcionário da coroa portuguesa. Com o advento da República, o regime brasileiro passou ter liberdade religiosa. Assim perante a nação e o código civil brasileiro o casamento religioso, como documento de peso não vale. E preciso ir em um cartório de registros é oficializar o nascimento ou o casamento civil.

O caso do casamento civil que a Igreja católica exige para a realização do religioso.

A questão é simplesmente de fundo pastoral, em defesa dos filhos ou da mulher.

Alguém que se separou abandonou os filhos e a mulher, como podemos crer que em um segundo casamento será fiel a seus compromisso, filhos e esposa etc?

Existem tantos casos de problemas matrimoniais que a atenção da Igreja a família, seja os filhos, a mulher e ao homem, tornou-se praxe pedir os documentos oficiais civis para o casamento religioso. Uma questão prática, que poderá ajudar ou não. As pessoas é que determinarão.

Sabemos o que acontecem nas periferias das grandes cidades, com os filhos de tantos casais que se separam e casam novamente? Podemos colocar leis, normas, etc, mas continua o problema como cumprir estás leis adequadamente?

Nosso pais infelizmente continua sendo dos desaparecidos, homens que não encontrando mais saída para sustentar sua família, perdendo o trabalho etc... preferem o desaparecimento, abandonando mulher, filhos, casa. A pergunta permanece, alguma lei poderá mudar está situação?

1509 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook