Uma janela sobre o mundo bíblico

Encontradas colméias de 3000 anos



Luiz da Rosa

Leia mais sobre Arqueologia |


Foi descoberto, na colina de Tel Rehov, no norte de Israel, um centro de apicultura, que seria do tempo dos reis Davi e Salomão. Parece serem os restos arqueológicos mais antigos que testemunham o trabalho com as abelhas e a produção de mel. Embora no Egito exista uma representação artísitica, feita há 4.500 anos, onde aparecem homens que recolhem favos, separando o mel da cera.

Na Bíblia não se menciona a apicultura como atividade para a produção do mel, pois alguns dizem que o mel era tirado dos figos e dáctares. Talvez a descoberta mude essa tese, pois, segundo os espertos a presença dessa colméia significa que o mel era produzido em Israel por abelhas.

No local foram descobertos 25 cilindros onde eram depositados os favos. Cada colméia media 80 centímetros de cumprimento e 40 de diâmetro. As colméias estavam dentro de um recindofeito com tijolos, que foi destruído por um incêndio. O número de colméia presentes neste local era entre 75 e 200, com mais de um milhão de abelhas e uma produção anual de cerca de 500 quilos de mel e 70 de cera. Tal estrutura podia ser conduzida somente por alguém de muita influência.

No local foram encontrados também restos arqueológicos que testemunham a presença de ambiente dedicado ao culto propiciatório para a produção do mel. Foram encontrados altares de argila onde estão representadas figuras de duas divindades femininas, ao lado de uma árvore.

2979 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook