Uma janela sobre o mundo bíblico

Quem foi Samuel? Por quê da sua violência?



  • Pergunta de Bruno, Lisboa
  • 1690
  • 15/03/2017
Luiz da Rosa

Leia mais sobre Samuel | Violência |


Samuel é um personagem bíblico muito importante. As informações biográficas que temos sobre ele derivam dos primeiros capítulos de 1Samuel. Já o seu nascimento é extraordinário, fruto da oração de sua mãe, Ana. Quando nasce, é consagrado ao Senhor e cresce aos pés do sacerdote Eli, em Silo. Lá Deus o chama, com a famosa passagem contada em 1Samuel 3. Segue então vários episódios com a Arca da Aliança, que é roubada dos hebreus pelos filisteus, até que Samuel regressa, no capítulo 7, onde aparece como juiz do povo, o último dos juízes. De fato, a pedido do povo e seguindo as ordens do Senhor, Samuel unge a Saul como primeiro rei de Israel. São famosos os seus dois discursos, em 1Samuel 8 e 12, contra o pedido de Israel de ter para si um rei, "como as outras nações". De fato, Israel não é como as outras nações, mas é o Povo de Deus. É samuel que também unge o segundo rei, Davi, depois que a graça de Deus não acompanha mais o reinado de Saul.

Em relação à violência, na verdade Samuel não é seu protagonista. É provável que você insinue a presença da violência nos dois livros de Samuel. Sabemos bem que não podemos ler a Bíblia com os olhos nossos. Ela revela um processo; Deus é como um pedagogo, que se revela aos poucos ao Povo. A revelação plena acontece em Cristo e as Escrituras testemunham esse Cristo que nós temos a graça de conhecer bem. E as Escrituras, o Antigo Testamento, não são coisas passadas, pois servem ainda hoje para mostrar quem verdadeiramente é Jesus. Jerônimo dizia que a ignorância das Escrituras, do Antigo Testamento, é ignorância de Cristo. Se houveram violências no A.T., não significa que elas sejam justificáveis. Fizeram parte de um processo histórico, vivido pelos hebreus, que fazem parte da história. Quando entro na escola, durante muitos meses me dedico a aprender o resultado de somas simples: quanto é 1 + 2... Se estudo matemática na universidade, esse processo feito quanto tinha 6 ou 7 anos parece insignificante e superado. Talvez o seja, mas foi fundamental para que seja possível resolver problemas matemáticos complicados.

1690 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook