Uma janela sobre o mundo bíblico

Projeto visa preservar Babilônia



Luiz da Rosa

Leia mais sobre Arqueologia |


O World Monuments Fund lançará um projeto que envolve o Iraque e visa preservar a antiga cidade da Babilônia, onde o rei Nebuchadnezzar II (630-562 a.C.) contruiu os jardins suspensos, umas das 7 maravilhas do mundo.

O grupo, com sede em Nova Iorque, vai colaborar com o governo do Iraque para desenvolver um plano geral para promover a conservação e o turismo na ciade, que se encontra a cerca de 90 quilômetros de Bagdad, às margens do Eufrate.

O presidente do órgão disse que, no futuro, o turismo será um dos instrumentos para o desenvolvimento econômico no Iraque e existe preocupação com Babilônia, medo que possa ser destruída pelo desenvolvimento sem controle. Nunca foi feita um mapa da cidade e as mudanças são evidentes.
O Departamento do Estado dos Estados Unidos doou certa de 700 mil dólares para o projeto, que tem o nome de “O futuro de Babilônia”. A organização World Monuments Fund agora busca outros benfeitores.

A antiga cidade, fundada por volta do século XVIII antes de Cristo, nos últimos anos, sofreu danos graças aos esforços de Saddam Hussein de transformá-la em atração turística. Além disso foi saquejada depois da invasão americana e foi também transformada em base militar pelo exército dos Estados Unidos.

Como início do projeto, este ano será organizado um curso para a formação de especialistas em antiguidade, que serão intruídos com técnicas modernas que lhes permitirão de restaurar os sítios arqueológicos.

1463 visitas



Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook