Uma janela sobre o mundo bíblico

Projeto visa preservar Babilônia



Luiz da Rosa

Leia mais sobre Arqueologia |


O World Monuments Fund lançará um projeto que envolve o Iraque e visa preservar a antiga cidade da Babilônia, onde o rei Nebuchadnezzar II (630-562 a.C.) contruiu os jardins suspensos, umas das 7 maravilhas do mundo.

O grupo, com sede em Nova Iorque, vai colaborar com o governo do Iraque para desenvolver um plano geral para promover a conservação e o turismo na ciade, que se encontra a cerca de 90 quilômetros de Bagdad, às margens do Eufrate.

O presidente do órgão disse que, no futuro, o turismo será um dos instrumentos para o desenvolvimento econômico no Iraque e existe preocupação com Babilônia, medo que possa ser destruída pelo desenvolvimento sem controle. Nunca foi feita um mapa da cidade e as mudanças são evidentes.
O Departamento do Estado dos Estados Unidos doou certa de 700 mil dólares para o projeto, que tem o nome de “O futuro de Babilônia”. A organização World Monuments Fund agora busca outros benfeitores.

A antiga cidade, fundada por volta do século XVIII antes de Cristo, nos últimos anos, sofreu danos graças aos esforços de Saddam Hussein de transformá-la em atração turística. Além disso foi saquejada depois da invasão americana e foi também transformada em base militar pelo exército dos Estados Unidos.

Como início do projeto, este ano será organizado um curso para a formação de especialistas em antiguidade, que serão intruídos com técnicas modernas que lhes permitirão de restaurar os sítios arqueológicos.

1877 visitas


A resposta dos autores do site se encontra aqui acima.
Eventuais comentérios postados abaixo, via FaceBook, não representam o nosso parecer,
mas são de exclusiva responsabilidade dos seus autores.


Comentários

Os comentários são possíveis somente através da sua conta em FaceBook