Olá Cristão Convicto São Sebastião da Grama - SP

Na realidade sabemos que os judeus tinham uma divisão de tempo própria. Como na época de Jesus os Romanos governavam a Palestina este seguiam o calendário Romano.

Sua pergunta utiliza o calendário Romano entretanto nos evangelhos vamos encontrar nas narrativas o calendário Grego - Romano. Para não nos alongarmos na resposta indicamos como o calendário greco-romano era formado.

As divisões diurnas

Na época de Jesus os judeus utilizavam a contagem do tempo greco-romana de doze horas para o dia, e a ela Jesus fez referência: Respondeu Jesus:

"Não são doze as horas do dia? Se alguém caminha durante o  dia, não tropeça, porque vê a luz deste mundo; mas se alguém caminha a noite, tropeça, porque a luz não está nele ". (João 11,9-10). Bíblia de Jerusalém.

 O Senhor Jesus e os escritores sagrados usaram a divisão greco-romana das horas do dia para situarem acontecimentos importantes em suas narrativas como veremos logo mais.

Como eram contadas as horas do dia

As horas do dia eram contadas desde a alvorada (por volta das seis da manhã) até o pôr-do-sol (por volta das seis da tarde) e eram divididas em doze partes, sendo três as principais entre o nascer do sol (primeira hora) e o poente (duodécima hora):

hora terceira (por volta das nove horas – (confere Mateus 20,3; Marcos 15,25; Atos 2,15),

hora sexta (por volta do meio-dia – (confere Mateus 20:5; 27,45; João 4,6; 19-14)

hora nona (por volta das três da tarde – (confere Mateus 27,45- 46).

Mas, quando havia a necessidade de se dar com mais exatidão a hora, as outras eram citadas, como por exemplo, o horário da cura do servo do oficial romano: hora sétima (13:00 hs, na narração da parábola dos trabalhadores da vinha (Mateus 20,6- 9). Nesta parábola o Senhor faz referência às várias horas do dia claro: indiretamente à primeira hora (vs. 1-2), terceira hora (vs. 3-4), hora sexta (v. 5) e hora undécima (vs. 6 e 9) e o cair da tarde (hora duodécima - v.8).

Respondendo sua pergunta vejamos o que os evangelhos falam a respeito da hora da crucificação:

No dia da crucificação do Senhor as três principais horas são dadas: A hora da crucificação: hora terceira (Marcos 15,25) e o período das trevas sobre toda a terra: hora sexta e hora nona (vs. 33, 34).

Logicamente essas horas não eram exatas, mas aproximadas, pois a duração dos dias variava de acordo com a época do ano. (João 19,14; Mateus 20,3- 5; Marcos 15,25- 33 e 34).

Observação final: Por curiosidade olhei o texto de várias Bíblias para ver o que estava escrito. No texto original do grego esta hora sexta. Na tradução Almeida esta somente hora sexta, entretanto na versão da Bíblia Internacional tem um acréscimo, assim está escrito: por volta da das seis horas da manhã. O texto da uma explicação conforme o sistema romano.

Penso que o que a maioria das traduções colocam é o correto. Hora sexta no sistema grego romano = assim está escrito: por volta do meio dia.